segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Tsc, tsc, tsc!

Junte uma mãe blogueira (sem adjetivos, "mãe blogueira" é uma categoria auto-explicativa que dispensa apresentações) a uma jornalista cheia de más intenções.

Pronto! A confusão estava armada. Quem não sabe o que significa ser "mãe blogueira" vai descobrir na hora ao acompanhar a movimentação toda nos blogs maternos ao longo dessa semana.

A retratação veio rapidinho e, na minha opinião, de maneira humilde, fazendo o mea culpa e levantando a questão que deveria ter sido considerada desde o início de tudo: transparência.

Alguém é contra o conteúdo dos blogs maternos, por exemplo? Quer criticar? Fique à vontade, mas em hipótese alguma "abusando" da própria mãe blogueira cheia de disponibilidade e boa vontade.

Coisa feia! Merecia ficar sentada no cantinho pensando.

Mais ainda, senhores jornalistas, pesquisem a fundo antes de falar qualquer coisa. A velocidade da informação atualmente não permite tempo para checar fontes, fatos e etc. Tudo tem que ser na hora, rápido, rápido, rápido. Viu só? Deu bobeira. Pior ainda quando resolveu mexer com uma única mãe blogueira. Não sabia que essa "raça" é mais unida do que motoboy quando tem um acidente?

(Gente, mil desculpas, mas linkei os posts da Rede Mulher & Mãe por uma questão de praticidade, está tudo resumidinho e explicadinho lá. Ainda não tenho o link da matéria da Folha, quem tiver, manda através dos comentários, acho super importante. Mandem os links das postagens de vocês sobre esse assunto também nos comentários. Vamos ampliar e divulgar a leitura e opiniões ao maior número de pessoas possível, certo?)

Compartilhar

18 comentários:

Carol Passuello disse...

Yes we can!

Coisas de mãe disse...

Só vi a matéria ontem, junto com o "pedido de desculpa". Queme screveu a materia não tEM A MINIMA NOCAO do que rola. Fora as gracinhas, as fotoinhos e os preiros passos. Não sabe da informação. Não sabe como foi quando a Mari teve menos leitei e como foi o Parto da Paloma. Não sabe das exposições infantis. Cois de amador.

Meu blog por exemplo, fiz pra mostrar pros meus irmãos (que moram fora) como estão os sobrinhos deles. Depois descobri a blogosfera materna. Como eu não vou msotrar fotos se eu CRIEI o blog para MOSTRAR FOTOS???

beijos Pati

http://coisasdemae.wordpress.com

sofia-educarcomcarinho disse...

Foi mesmo feio o que se passou... mas pelo menos reconheceram que erraram.

"Mães Blogueiras" unidas já mais serão vencidas :D

Mariana disse...

Oi Camila, tem o link lá no meu blog:
http://maricandi.blogspot.com/2010/12/um-discussao-seria.html
beijocas
mariana do diario da mariana

Naiara Krauspenhar disse...

Nós somos demais!
BJooooo

Anne disse...

#tomaessa!!!

Patricia Netto disse...

nOOOOOOOOOOOOOOOSSA!
Vou procurar essa matéria agora, mas já estou revoltada!!
beijos
http://limpinhoecheiroso.blogspot.com/

Sara Lima Saraceno disse...

Afff!!! Terrível!!!! Confesso que pensei muito sobre os prós e contra antes de fazer meu blog... no final, achei que tinha mais benefícios, adotados alguns cuidados, com certeza!!
Se formos pensar só sobre o ponto de vista do perigo, PERIGOSO É VIVER!!
Também acho maravilhosa essa troca, especialmente para lidarmos com as culpas e os problemas do dia-a-dia. Parabéns às mamães blogueiras.

Livia, mãe da Carol disse...

Camila, obrigada pela visita! Lindos os nomes de seus pequenos, adoro Joaquim! Então, nem sabia desta confusão com a nossa classe...risos. Bom que tudo foi esclarecido. Mulheres unidas, batalha vencida! Beijos.

Dani disse...

Cá, fiquei sabendo dessa matéria pela Pat (da Mariana) e confesso que fiquei meio chocada ao ler. A gente sabe que escrever sobre maternidade não é exposição alguma, longe de qualquer coisa parecida com BBB. Por isso, choquei.
Mas, indignada mesmo, fiquei ao saber que a Giovana foi enganada pelo jornalista.
Peraí!
A retratação da folha foi tímida. Mas já foi um começo.
Isso não pode acontecer, mesmo.
Beijo, querida!
Dani

Juliana Dalzoto disse...

Adorei a parte "Merecia ficar sentada no cantinho pensando", afinal, tem muita criança por aí que dá um banho de educação em alguns jornalistas!!!

Ana disse...

Foi horrível mesmo. Povo sem noção! Falta de caráter.
A matéria de retratação a Naiara colocou no blog dela , se alguém ainda não tiver lido.

http://littlelittlediva.blogspot.com/2010/12/assim-esta-melhor.html?spref=tw

bjos

Patrícia Boudakian disse...

É, achei de péssimo gosto aquela matéria da Folha. Ofendeu muito as mamães blogueiras. Foi justamente a jornalista-mequetrefe que expôs a dona do blog. Achei ridículo. Morri de raiva e de vontade de ligar na redação e reclamar pra tal jornalista.
Sabe que tenho certeza que essa menina não é mãe e não entende nada sobre maternidade.
tsc tsc tsc mesmo pra ela.
Por isso nós blogueiras temos que ficar com os olhos bem abertos na hora de ceder entrevistas. Temos mais é que desconfiar!

Beijo!

Desconstruindo a Mãe disse...

Oi, Camila!

A força de todas nós contra a injustiça, a falta de conhecimento de causa e o preconceito mostra que somos capazes de outras grandes coisas.

Um dos meus comentários acabaou não saindo no site da @Folha, mas ainda assim valeu ter me manifestado. Isso mostra que nem tudo o que a imprensa diz é verdade, contrariando o pensamento de algumas pessoas.

Um grande beijo!
Ingrid

Milene disse...

Sou assinante da Folha e já tava até com raiva de sê-la por causa da matéria. Eis que domingão, abro meu jornal e vejo a retratação!
Ufa!
Mas vejo pelo lado bom: se não fosse essa palhaçada, nós ainda não saberíamos nosso poder de união!
Tudo é para o bem...
Jokas da Mi, D. Diiirce

(Mamãe) ~Pinel disse...

Também achei absurdo o que fizeram com a Giovanna e indiretamente com todas nós, mães blogueiras.
E, realmente, se eles soubessem um pouquinho mais do que fazemos e falamos por aqui, com certeza não falariam aquelas coisas, afinal, eles saberiam com certeza que somos unidas e amigas de infância desde o momento que entramos nesse nosso mundo!

Pelo menos saiu a retratação rapidamente. Mas, mesmo assim, um absurdo!

Beatriz Zogaib disse...

Pois é, eu que sou nova mãe blogueira já resolvi escrever sobre o assunto. Entrem lá: (www.vidadamami.blogspot.com)
Acho que você resumiu o que é o certo... Jornalista sem tempo de pesquisar o assunto resolveu escrever o que queria do jeito que queria... Vai dizer que "Baby Brother"não é um título prá lá de tentador e impactante? Mas eu, jornalista também, desaprovo o enfoque e tudo o mais... Só acho que vale a pena refletir sobre a questão levantada... É o que fiz!
Abs,
BIA

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

Olha, adorei o teu castigo para a jornalista feia boba de má fé!! Vai ficar sentada no cantinho do castigo repensando na burrada que fez e depois vai ter que pedir desculpa!!!

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs