segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Blogagem Coletiva: "A ética da blogosfera"


Depois daquele post, fiquei realmente chateada, muito mais do que um dia poderia imaginar. Parece bobo e é difícil de explicar, mas porque será que uma pessoa que não me conhece, copia o meu perfil e o toma como dela? É infeliz consigo mesma? Achou o meu perfil mais interessante? Não teria condições de se descrever e gostou do meu jeito? Eu não sei e desisti de procurar os motivos dessa pessoa.

Mas entendi porque fiquei tão triste e decepcionada.

Esse mundo virtual acaba tomando uma dimensão quase que real para muitas pessoas, especialmente as que estão envolvidas com blogs e redes sociais. Em uma realidade de tantos reality shows de sucesso então...

E o maior erro é assumir que simplesmente por ser virtual existe uma proteção do anonimato. De que podemos fazer qualquer coisa ou sermos qualquer pessoa, pois ninguém descobrirá.

Errado! Errado! Errado! O Big Brother rola solto aqui, mais do que na televisão.

Há ferramentas especializadas em rastrear todos os cliques de uma pessoa, fornecendo detalhes do tipo de computador que a pessoa usa, o idioma, o local, de onde veio, para onde foi. Então, meus caros, foi se o tempo do anonimato na internet. Além de haver legislação específica para alguns “causos” virtuais, a própria lei protege para outros também relacionados à internet. (Já consultei o meu advogado para esse assunto, pois não gosto de falar bobagem. Mas os outros doutores que quiserem se manifestar, por favor, fiquem à vontade!).

Ou seja, a ética na internet deve ser a mesma da vida “normal”.

Se você gostou da blusa que eu estou usando, vai roubá-la? O normal é que não roube. Pode elogiar, perguntar onde eu comprei e até comprar uma idêntica (acho meio bizarrinho, mas vá lá...). Ou se “inspirar” num estilo e adotá-lo para si, mas sempre dando a sua própria “cara” para aquilo. Dá para entender?

Se você gosta de um determinado texto, música ou poesia, vai copiá-lo num cartão e mandá-lo para a pessoa amada? O normal, novamente, é de que não e sim dizer que o tal do Chico Buarque sabe falar tão bem de amor e que aquilo foi escrito para o lindo casal apaixonado.

Eu não acho que deve haver diferença de conduta entre o virtual e o real, independentemente de anonimato, proteção e legislação. Boas maneiras, boa educação e gentileza são grandes virtudes e valores que precisam ser aplicados em todos os tipos de relação, sejam elas íntimas, familiares ou virtuais.

Compartilhar

45 comentários:

Sofia disse...

Estou a torcer para que esta rede de "posts" ajudem pelo menos a consciencializar os blogueiros menos leais.

Um bjo

Sarah disse...

Ótimo texto Camila. Interessante vc tocar no ponto do anonimato. Realmente, as pessoas tendem a pensar que, no mundo virtual, a tela do computador as "protege". Ainda bem que surgiram ferramentas que nos mostram quem tecla de verdade.
Também aderi à blogagem coletiva e já coloquei meu post lá no blog.
bjo!

Naiara Krauspenhar disse...

Espero ter contribuido de alguma forma.
Muito legal a iniciativa de vocês.

BJokas
Naiara
http://littlelittlediva.blogspot.com/2010/10/blogagem-coletiva-etica-e-bom-e-nos.html

Coisas de mãe disse...

Oi CAmila, achei muito bacana a comparação que você fez entre vida real e virtual. acho que fica muito claro quando pensamos assim. Acho muito chato que estejam acontecendo estas coisas porque nossa vidas nos blogs estava muito divertida e leve e dai começam a aparecer estas situações que tiram um pouco desta "leveza". Anyway, faz parte da vida. Tomara que as pessoas se toquem e gastem seu tempo fazendo coisas mais produtivas.

beijos

Pati

http://coisasdemae.wordpress.com

Mamma Mini disse...

Tô muito contigo e não abro Cá, vc tem toda razão em todas as suas palavras, e fiquei me colocando no seu lugar (porque como vc sabe já passei perrengues por causa do blog...) e ficaria do mesmo jeito. Acho que ética e respeito são coisas que a gente cresce com elas, a gente não adquire com os anos, acho que tem a ver com caráter também... então acho que temos que lutar sim para que haja cada vez menos espaço e "ibope" neste big blogger brasil para as pessoas sem ética, sem respeito, sem noção, sem caráter. Solidária total, e no final do dia meu post vem...
bjs

Carol Garcia disse...

Pois é camilitcha,
a questão éq ue a internet ganhou um título tosco de "terra de ninguém" por conta do anonimato.
mas isso é iilusão. como vc disse, o anonimato não existe.
mas independente disso tudo, faemos na internet um reflexo do que somos fora dessa (tirando gente doente e criminosa). se vc não é ético por aqui, fora do micro é que vc não vai ser.
acho que se trata mais de uma questão de caráter do que anonimato.
simples assim.
força na corrente!
bjo bjo bjo

Babi disse...

muito legal esta blogagem...vai ajudar muitas pessoas ignorantes ao assunto ser blogueira ética! bjs

Si disse...

é amiga.... as pessoas agem sem noção.... pensam que o anonimato AINDA existe... mas pelo menos estamos fazendo no virtual o que deveria ser feito no real...unir forças e lutar contra!!!! buscando um mundo melhor... bjss e otima semana pra vc

Anne disse...

Camila, a sua experiênci foi estopim para esse questionamento tão sadio: ter ética, ser ético, usar a ética! E é muito legal levantar a questão: A INTERNET NÃO É DIFERENTE DA VIDA NORMAL. Muito pelo contrário, é ainda mais "grave"! Como vc bem disse, está tudo registrado, tudo é rastreável...
É absolutamente necessário sermos verdadeiros... dentro e fora do computador! Espero que essa manifestação toda faça com que esse tipo de bobagem diminua, especialmente nos blogs de mães, que carregam a responsa de serem formadoras de opinião do que mais importa: nossos pequenos!!!
Adorei o post! e obrigada você...
Bjo bjo
Anne
mammisuperduper.blogspot.com
Anne

Renata disse...

Eu fiz minha parte tbm, apesar de estar pouco inspirada hoje...

Beijao!

Renata disse...

Adorei o seu texto e a comparação entre o real e o virtual.
Tb aderi à blogagem coletiva e já postei meu texto!
beijos, beijos

(Mamãe) ~Pinel disse...

Está mais que certa Camila... não é porque não conhecemos pessoalmente a pessoa que podemos deixar de lado os nossos valores e a ética, se esta for existente.

Espero que essa corrente tenha algum resultado positivo na nossa blogsfera!
Beijo!

bebeporacaso disse...

Ei Camila! Tô te seguindo e vou entrar na rede contra essas atitudes tão "baratas". Um abraço!

Roberta Lippi disse...

Essa mãezarada, quando dá pra se unir, faz barulho, né? Tô achando ótimo.
Total apoio a esse movimento, porque você sabe que passei por isso há pouco tempo. Foi uma amiga blogueira que descobriu e me contou.
Fiquei na dúvida, Camila, se expunha a pessoa ou não. Mas como era um caso em que eu não tinha qualquer dúvida de que ela tinha copiado o post, resolvi botar a boca no trombone. Pra pessoa aprender. Porque fui lendo o blog dela e vi que ela copiava trechos de revistas e sites e também não dava créditos. Então achei que ela merecia uma liçãozinha. Ela deve ter sentido muita vergonha, coitada, mas se não acontecesse isso ela continuaria fazendo.
Se a pessoa que copiou seu perfil ainda não se tocou, acho que você deveria no mínimo deixar um comentário no blog dela. Se ela não mudar, bota a cara mesmo.
A pessoa que tem a cara de pau de copiar um perfil também pode muito bem ter a cara de pau de fingir que não é com ela. Mas, no fundo, sabe o que eu acho? Que ela achou que você estaria muito distante dela e que não haveria problema porque você nunca chegaria até o blog dela. De repente nem foi um plágio maldoso, mas ela precisa saber que fez errado.
bjs

Milenna disse...

Adoro seu blog Camila. Acompanho desde a gravidez e agora fico relendo seus posts antigos pra tirar dúvidas, afinal sou mãe de primeira viagem da Julia que irá completar 1 mês na próxima quinta.
Não fique mais chateada com essas pessoas pequenas, afinal é isso que elas querem!
Bjos.

Ilana disse...

Camila,
chequei aqui no seu blog nesse momento terrível que vc tá vivendo! Parece filme de horror, copiarem a gente assim, descaradamente. Eu sou relativamente nova na blogosfera (na verdade já lia alguns blogs há muito tempo, mas escrevo há bem pouco) e não sei o que faria no seu lugar.
Mudando de assunto, adorei seu blog e vou vir sempre, tá. Já estou seguindo.
Beijos,
Ilana
11sao3.blogspot.com

tititidapietra disse...

Oi querida,

Aderimos também a campanha!

Nada de plágio. Cade a criatividade que fica escondida na cabecinha das pessoas?

Bjkas

http://tititidapietra.wordpress.com/2010/10/25/etica-na-blogosfera-eu-levanto-a-mao/

Cris disse...

É verdade, concordo e hoje em dia anonimato, só para leigos!

Um beijo!

Eu e minhas três bonecas... disse...

Também já fiz o meu post!

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Oi camila..li varios post ate agora,e soube do "barulho" pela querida carol, e contei la no meu blog tb o meu relato..acabei d epostar uma forma que o blogger nos disponibiliza para a gente denuciar esses impostores! é isso mesmo,denunciar!!! se quiser publicar também vai ser otimo,pois se a gente ensinar p td as mamaes blogueiras como se denuncia um abuso nos blogs,seja plagio, spam, preconcetio,etc...nos vamos aestar assim ARMADAS contra essas pessoas, e quem sabe acabar com essa praga de uma vez!! beijos e otima semana!!!

Dê Freitas disse...

Adorei o post Camila. Estou participando da blogagem coletiva em prol da educação tb na rede.

bjs,

Paloma, a mãe disse...

Camila, parabéns por ter mobilizado tantas mães, tô adorando a blogagem coletiva!
Lembro do plágio que a Rô sofreu, agora vc, enfim, isso está se disseminando e já era hora de dar uma contrapartida.
Beijos

Juliana Ramos disse...

O tamanho da mobilização tá ficando bom!!!
Obrigada pela oportunidade!
Bjinhos

http://diariodeumamaecommaisde30.blogspot.com/

Letícia Volponi disse...

Excelente iniciativa, Camilla! parabéns!

Minéia Pacheco disse...

Olá Camila,

Ótima essa blogagem coletiva de vocês... Realmente não tem nada pior do que ser copiada!!

Existe muita gente sem noção por aí!!

Espero que com toda essa mobilização na blogosfera, muita gente se concientize e pare de ficar copiando tudo por ai!!

Beijinhos........

Natalia disse...

A mobilização tá boa!

Maravilha!

E afinal de contas, a pessoa mudou o perfil? A essas alturas, ela deve estar pensando onde é que ela foi se meter...

Com mãe num se brinca!

Beijão!

Chris Ferreira disse...

Oi Camila,
vi que você viu a postagem lá no blog.
Gostei muito da forma como você expôs aqui.
Lembro do caso da Roberta Lippi.
Bom, acredito que vá surtir efeito e os plagios vão diminuir.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Marina disse...

Camila,
tudo bem? Fiquei sabendo da "clonagem" pelo blog da RÊ Lilata! Triste mesmo. E vc tem todo direito de ficar decepcionada, triste, chateada e coisa e tal...
Já tive posts copiados num antigo blog q mantinha, mas na época não tomei nenhuma atitude, hj faria diferente!
Assim q der vou parar pra participar da blogagem coletiva tb!
bjs

Renata disse...

Camila, amei a idéia e já aderi! No meu blog já coloquei meu manifesto, ok? Super beijo e vamos continuando nosso caminho! Super beijo, Re

http://renatacm08.blogspot.com/2010/10/o-bom-mesmo-e-criarcopiar-nao-esta-com.html

Ana Carolina disse...

Oi Camila,

A mobilização está feita!!!

Olhe o meu post.

http://quasemaepai.blogspot.com/2010/10/respeito-e-bom-e-gente-gosta.html

BJS

Mi Satake disse...

Olá Camila, td bem?

Sou tua seguidora há um tempo, tb acompanhei nos blogs amigos a mobilização (essenciaaaal), pelo plagio que aconteceu contigo.
Legal os amigos se unirem, dedicarem tempo pra uma causa tao importante né?
Achei muito legal isso. Alem de falarmos de um assunto importantíssimo, observamos tb que aqui as relaões tb são carinhosas e verdadeiras
coisa dificil de observarmos tb, né?
Logo logo quero providenciar um post, falar disso e espalhar a ideia, oprimir essas mentes que nada criam, nada produzem, não se importam, nao são gentis, apenas... copiam.
Ah to fazendo um sorteio, passa lá pra ver se curte. bjs

Andrea disse...

Oi!
Adorei seu blogue e vou adiciona-lo! Também que vale a mesma ética. Aqui, lá fora... onde quer que seja... o problema é vivemos muita falta de ética. Mas também é bom ver tanta mobilização. O mundo não está totalmente perdido!
Beijos

Fabi LV disse...

Oi Camila, como vai? Andei meio afastada por conta de uns problemas pessoais, mas estou voltando aos poucos. Foi pelo blog da Carol que fiquei sabendo o que aconteceu com o seu perfil e fiquei indignada também. Publiquei hoje o post sobre o assunto pra ser solidária à você e até pra me inteirar do assunto (sou meio leiga nesse assunto de blog e não sei bem como muita coisa funciona por aqui). O fato é que realmente isso é um crime, é um perigo e devemos sim ficar atentas. "Sempre alerta", como dizem os escoteiros. Sucesso pra vc e tudo de bom. Bj Gde da Fabi

Luciana disse...

Oi Camila,

Eu não conhecia seu blog, vim, gostei e também estou participando da blogagem. Sou super solidária a você, pois ser roubado em qualquer coisa é horrível, o que dirá o fruto da nossa criatividade, né?

Também achei suas palavras muito bem colocadas.

Um grande abraço,

Lu

Camila disse...

É isso aí, xará! Fiz um post e aderi à campanha também!
Dá uma passadinha por lá depois!
Beijinhos e beijoquinhas***
Camila

http://maededuplaprimeiraviagem.blogspot.com/2010/10/blogagem-coletiva-etica-na-blogosfera.html

Marina Fiuza disse...

Bem dito!

Postei lá no blog tb um textinho curtinho. =)

Raquel disse...

Concordo com tuuuudo que disse...
Parabéns pelo post!
bj,
Raquel

Tatiana Menezes. disse...

É verdade Camila!!!
Tb to muitoooooo indignada com o que te aconteceu.
Já fiz o meu post sobre ética lá no meu blog!!!

Abraços!!

www.tatianastefani.blogspot.com

Bianca disse...

Pois é Camila, muita gente ainda acha que a internet é um lugar onde pode-se tudo. Ainda bem que não mais, né?
Pois é, quis participar, apesar de hoje não estar nos meus melhores dias, e nem um pouco inspirada. Deveria ter vindo aqui antes para pegar os ares da sua inspiração e fazer um post melhor! ;o) Mas ó, foi de coração!
beijos

Christiana disse...

Demorou, mas deu tempo! Meu post tá lá!

http://tresmosqueteiros.wordpress.com/2010/10/25/etica-na-blogosfera/

bjssss,

chris e mosqueteiros

Daniela Lopez Garcia disse...

Surreal... tadinha desta pessoa sem vida, que precisa roubar a dos outros... tsc, tsc...
Bjs!

Mariana - viciados em colo disse...

Camila, vc brocou!!

como se diz aqui na Bahia quando alguém faz algo muito, sem espaço para dúvidas!
essa história do anonimato x exposição vem quebrando meu juízo! tenho tido muitos dilemas em relação a isso... mesmo sendo um recorte, será bom mesmo expor tanto nossas ideias, ainda mais eu que me acho ingênua de tão transparente...
beijoca

Graziela disse...

Camila, obrigada pela visita e pelo comentario.
Leio seu blog faz um tempinho, mas acho que nunca comentei. Porem diante dessa situaçao que voce passou, nao tinha como ficar calada.
Felizmente anonimato na internet, acredito eu, que seja a unica coisa que nao existe e a pessoa tem que ser muito ingenua - para nao dizer outra coisa- para achar que nao saberemos quem e´e de onde vem.
Torço para que isso nao aconteça novamente, nem com voce nem com ninguem.
Estou lendo os outros textos e acho muito legal esse movimento das maes, alem de ser uma demonstraçao de carinho e afeto com voce e com quem ja foi lesado.
Abraços e otima semana para voce
Gra

Déia. disse...

Querida, ja postei no meu blog o selinho!!!

Nutrição e Cia disse...

Ca ando meio ocupada e quando vou em um blog, vou em todos. Não podia deixar de falar disso.
Fiz um post sobre isso e estou indignadas.
Bjs

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs