segunda-feira, 4 de outubro de 2010

O Shrek e seus condicionamentos


Essa história de condicionamento é realmente bem interessante.

Na minha vida é tudo bem condicionadinho, ainda mais pelo fato de ser fumante. O cigarro acaba sendo mais difícil de ser largado por conta dos condicionamentos todos. Por exemplo: um café = um cigarro. Um post = um cigarro. Um filminho = um cigarro. E por aí vai.

Mas tem muitos outros, beeeem mais saudáveis, tipo escovar os dentes antes de dormir, tem gente que precisa ler ou ver TV para pegar no sono, tudo isso condicionado ao longo da vida.

*****

É por isso que eu sempre insisti muito na rotina para os meus filhos, ela não deixa de ser um condicionamento. A mãe dá um banho gostoso e relaxante no bebê, daí amamenta ou dá a mamadeira e depois o coloca para dormir todos os dias, no mesmo horário está estabelecendo uma rotina para ele. Coisa muito boa.

Os bebês crescem, mas continuam precisando de rotina, de acordo com as necessidades da idade em questão. Eles já sabem diferenciar o dia da noite, não trocam mais um pelo outro (ufa!), só que continuam sendo importantes determinadas ações dos pais, ou da pessoa responsável pelos cuidados da criança, para que haja uma "ordem" na vida dessa criança, nada mais, nada menos do que a rotina.

*****

Aqui em casa funciona direitinho, eles foram "treinados" e condicionados muito bem. Não requer prática e nem especialidade alguma, só boa vontade, disposição e intenção em ter a vida da família bem organizada e sem surpresas. Horário para comer, tomar banho, dormir.

Os meus filhos chegam da escola, tomam banho e põem a casa abaixo brincando. Daí, jantam e já sabem que é hora de ir acalmando. Ficam de pijaminhas, dentes escovados, chupetas e naninhas assistindo a um filme antes da hora de dormir. Funciona super, podem perguntar para eles mesmos.

*****

Mas tem horas em que o condicionamento denuncia... e foi disso que eu dei muita risada ontem à noite.

Os três amam de paixão o "Shrek", assistem direto e até cantam as músicas dos filmes em inglês (essa é uma risada à parte...).

Então, eu tive a brilhante idéia de resgatar o cd (meio antigo) da trilha sonora do "Shrek 2" e colocar para eles ouvirem e curtirem só as músicas.

Os bonitinhos ficaram perdidos, tadinhos! Ouviram e reconheceram a música, mas ficaram desesperados procurando o filme, não entendiam como poderia existir a música sem aquelas imagens todas dos queridos Shrek e Fiona.

Gente, não rolou. Não curtiram, não gostaram.

*****

E é aí que eu volto ao que eu falei lá no começo do post: música e imagem (nesse caso e para eles) só existem juntos, por condicionamento.

Os meus filhos estranharam a música por si só, procuraram o filme, não encontraram, se decepcionaram e reclamaram. Da mesma forma que o bebezinho recém-nascido reclama quando mudam seus horários de mamadas e dormidas. Até eu fico louca da vida de sair para jantar, pedir um café e não poder mais fumar aquele cigarro deliciosamente condicionado.

*****

Viram só a importância?? Portanto, não tentem mexer com os "condicionamentos alheios"!

Compartilhar

21 comentários:

Coisa de Mãe disse...

Camila, vc tem toda a razão. Aqui em casa tb temos horarios para tudo, mesmo porque se não fosse assim, com três filhos, jamais funcionaria! Já pensou se cada um tivesse uma rotina diferente? Seria insustentável! Muito legal o exemplo que vc deu. De fato, é melhor manter o que está dando certo!

Bjos,

Ivana

Carol Garcia disse...

kkkkk

e é assim, mesmo.
fato.
Isaac chega em casa, passa pela mesa de jantar (onde euzinha descarrego todas as mochilas e bolsas), dá uma olhada dentro da cozinha, ergue as sombrancelhas pra funcionária e volta para a sala de tv onde estão seu brinquedos (prontos pra entretê-lo enquanto papai não chega pra almoçar).
dividimos o momento condicionado....

bjocas

Ana carolina disse...

Fico pensando... Eu não tenho muito meus horários certinhos, mas quando tiver um baby vou ter que rever isso. Ai, ai...

Liagreice de Medeiros disse...

O Gabriel tbem só dorme se tiver uma revista para ele "ler"....ehheheh...folheia a revista e dorme...
beijosss

Anne disse...

Falou e disse, Camila! Condicionamento para melhorar a nossa vida e estruturar a vida deles!
A gente se condiciona mesmo, ao que é bom e ao que é ruim! Vc me fez lembrar do meu ex-hábito, tão ruim e tão bom... saudade de vc Marlboro!
Bjos!!
Anne
mammisuperduper.blogspot.com

Camila disse...

Nada melhor que a rotina para as crianças apenderem as coisas. Aqui em casa funciona que é uma beleza desde que eles nasceram!
Beijinhos e beijoquinhas***

Mariane disse...

Oi Camila!! como vai?! Na nossa família sempre foi muito difícil estabelecer uma rotina diária, seja por causa das inúmeras mudanças, ou na época que meu marido viajava sempre a trabalho ou por causa dos meu estudos aqui no Canadá...ou seja, cada época meu filho teve uma rotina diferente e eu bem sei que isso não foi nada bom, hoje em dia consegui uma "certa" rotina, com o pai em casa todos os dias ficou mais fácil, vejo que ele dorme mais cedo e eu consigo me organizar melhor,afinal já estou pensando em encomendar um irmãozinho p/ ele o ano que vem e tudo tem que estar nos eixos...rsrs. Com relação ao episódio do CD X DVD, aqui foi a mesma coisa,quando ele tinha 3 anos eu dizia: "hoje é só para ouvir a música (na época do Barney e seus amigos)e ele: "cadê o Barney???", após a 3 música, acabei colocando o dvd mesmo, afinal vamos combinar que assistir e cantar junto é mais legal!!!bjos Mariane

Milenα disse...

É assim mesmo viu! Laurinha também tem os seus condicionamentos! E são parecidos com os dos seus filhos . Ela chega da escola ; toma banho ; janta ; vê TV e 9hrs CAMA . Tanto é que nos finais de semana quando vai passear ; não aguenta ficar muito tempo acordada não . Pois já acostumou com o horario de dormir ; hehehe

Achei hilário a histórinha deles com a música ; sem o filme

Beijos

Naiara Krauspenhar disse...

Aqui em casa também sou adepta da rotina, tudo tem horário e a gente pratica o mesmo ritualzinho todo dia... assim a criança se sente mais segura..
Só deixo ela curtir mais no fim de semana, quando a gente geralmente sai pra passear, o que naturalmente já nos tira da rotina...

Bjokas
Naiara
http://littlelittlediva.blogspot.com

Fabi disse...

Condicionamento e rotina é ótimo mesmo!
Me diz uma coisa, como vc fez durante as gravidezes com este vício de fumar, menina?

Fabi disse...

Desculpe o erro de concordância no comentário anterior...

disse...

ahahahahah. É desse jeitinho. A Nina até hoje nao entende pra que serve afinal um cd de música. Onde estao as imagens, oras! Muito nada a ver! Literalmente.
hehhe

Juliana Ramos disse...

Tem selinho pra vc lá no blog. Tá "meio" atrasado, então olha no dia 1 de outubro, tá!
Ai, e o meu cigarrinho tbém não tenho vontade de largar... parace que é a única coisa proibida que eu faço...é tão bom... sensação de liberdade, eu acho, depois de tantas regras a seguir depois da chegada dos filhotes!!!
Mas a louca da Galisteu não só fuma amamentando, como diz na revista...é louca!!! Isso eu não fiz!!!

Mariana disse...

Camila!!!!
Rotina é tudo!!!!!
Tenho até um post no meu blog sobre isso!!!
E quando saem da rotina é um deus nos acuda!!! Complica tudo!!! Ainda mais quando são bebezinhos!!!
Adoro teu blog!!
Bjs,
Mari
www.mmmais3.blogspot.com

Babi disse...

aqui em casa funciona tb a rotina, mas tem dia que fugimos às regras e mesmo assim fica td bem...hehe mas só de vez enquando....

Chris Ferreira disse...

Oi Camila,
eu entendo a importância da rotina mas ... eu não gosto muito dela, não. Não consigo ter um lado da cama para dormir, não consigo ter um lugar na mesa para comer, não consigo ir para o trabalho sempre pelo mesmo caminho, aí... fica difícil condicinar assim tão condicionado. Tá certo, tem coisas que tem que rolar e sem questionar tipo escovar os dentes ao acordar, depois das refeições, antes de dormir, lavar as mãos antes de comer, tomar banho diariamente, faer as refeiçoes e assim vai. Mas aodro quebrar a rotina.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Kah disse...

Aqui em casa rola a rotina do caos, conhece? haha
Brincadeiras a parte, temos duas rotinas: a do acordar e a do dormir. Funciona, dá certo e é uma maravilha!

Mas vem cá, Dona Camila, a senhora fuma é??
(- Não, Kah, coloquei no blog só para você perguntar!)
Beijão!

Sarah disse...

Aqui em casa a rotina também é essencial. Já percebi que se, por acaso, alguma atividade muda de horário, Bento fica irritado e manhoso. Quando chegamos de viagem por ex, Bento ficou agitadíssimo de reencontrar o pai, a gata, os brinquedos... e pulou a soneca de depois do almoço. Tentei fazê-lo dormir mas ele só queria saber de brincar. Resultado: cochilou 17h30, acordou uma hora depois, irritadíssimo, chorando. Não queria nada, nem voltar a dormir, nem brincar, nem ver tv, nem comer. Foi um custo para acalmar e só jantou 20h30, para dormir em seguida...
Por isso concordo: rotina é fundamental!
bjos

Daniela Lopez Garcia disse...

Não temos uma rotina rígida, mas é uma rotina mesmo. Maria Flor parece um reloginho!!
Bem, sou nova por aqui e fiz um blog para minha filha, passa lá pra conhecer a gente!!
Vou te linkar para acompanhar o crescimento dos seus, ok?
Bjs!!
Dan.

Mamãe caprichosa disse...

OI Camila!
Você está certíssima. Horários, regras são fundamentais para um bom crescimento e amadurecimento de nossas crias. Porém, como vc mesma percebeu, a gente precisa ensinar um certo jogo de cintura....Tenho uma conhecida que é extremamente organizada com tudo, horários, comidas, enfim....tudo mesmo o que vc possa imaginar!!! É bom, é..... mas a filha dela é um pouco robótica de mais para o meu gosto! Só come aquilo que a mãe deixa, só faz certas coisas em certos horários, é incapaz de tirar uma soneca sem o pijama apropriado.....nooooossa ... ninguém merece!!
Não sei se me fiz entender!!! Pelo amor de Deus. não estou criticando o seu post, mesmo pq concordo plenamente com ele. Só estou levantando uma lebre, ou melhor...colocando uma pulguinha atrás da nossa orelha!!
Bjs
Carla

Anônimo disse...

Olá, Camila. Acompanho blogs de mamães desde que comecei a tentar engravidar. Mas, tenho um probleminha: sou fumante e não consigo parar (já tentei algumas vezes, sem sucesso). Como vc fez com seu vício durante suas gravidezes?
As pessoas olham tão torto para nós, mulheres fumantes... Imagina quando estamos grávidas ou temos babys... Devem nos crucificar com o olhar!
Já estou morrendo de medo disso!
Talvez se vc puder publicar um post sobre o assunto...
Obrigada e um abraço,
Fernanda.

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs