quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Meeeeeeedo!!


Quando eu era pequena, tinha um livro só de histórias de medo. Não era de terror, eram várias histórias dos medos que diferentes pessoas sentiam.

Tinha os medos da mãe, do pai, dos filhos por fantasma, bruxa, sapo, perereca, barata e outros. Me lembro bem das ilustrações e da moral da história: todo mundo tem medo. Não importa a idade. Pode ser de borboleta, lobisomem ou ladrão.

Tem também aquele papo (de psicólogo!!!) de que os medos nos protegem, assim agimos com maior cautela e atenção em situações mais "perigosas", dizem até que é puro instinto de sobrevivência.

A minha própria mãe vivia dizendo que a minha irmã devia ter mais medo de cachorro, porque ela não podia ver um que já ia fazendo carinho, pegando e passando a mão.

Essa falta de medo dos "cachorros da vida" (qualquer um mesmo, sem pedigree ou carteirinha de vacinação) lhe rendeu bicho de pé, cicatriz de uma mordida e uma mordida sem cicatriz.

*****

E a Manu descobriu a polícia, ou melhor, o medo da polícia. (Só para constar, também me pelo de medo da polícia, mas essa questão não é para esse blog.)

No entanto, o medo dela é diferente. Vive me perguntando se a polícia prende criança. Eu explico, explico e explico e a pergunta volta:

- Mas a polícia, mamãe, prende criança?

E, de uns tempos pra cá, o medo e a pergunta foram um pouco mais longe.

- Mas a polícia, mamãe, come gente?

Essa é a nova moda do medo: saber quem come gente.

Já perguntou do lobo, do vampiro, do Shrek, da bruxa, do tubarão, da baleia, de todos os afins aquáticos e marinhos.

*****

Mas a melhor, pra mim, foi sábado à noite.

A nova vizinha de cima estava fazendo a maior barulheira, andando de um lado para o outro de salto (ma-la).

E a Manu não conseguia dormir, ficou na sala comigo. Também olhava de um lado para o outro procurando da onde vinha tanto barulho. Quis saber se a vizinha tava na nossa casa e a sensação era bem essa mesmo. Até que:

- Mamãe, a vizinha come gente?

*****

No mínimo, a Manu contaria a vocês que a vizinha tem um olho só, meia dúzia de dentes pretos e podres, garras enormes, cabelo verde de espanador, é corcunda, cheia de verrugas e fedorenta.

É assim o seu medo de quem come gente, filha??

Compartilhar

14 comentários:

Letícia Volponi disse...

Eu tinha uma vizinha assim quando morava em apê... que coisa horrível

Cristiane Mota disse...

rs... essa foi otima - criança tem tanta imaginacao ...

Prazer, Cristiane, mae de primeira viagem, do Bernardo e sua seguidora agora :)

Carol Garcia disse...

Camilitcha,

fala pra manu que eu também tinha um vizinho que comia gente. o que dava medo era a furadeira que ele ligava as 7 da manhã e só desligava as 2 da tarde...de sábado.

kkkk

mas achei um barato esse negócio de medo.
depois que isaac aprendeu a história dos 3 porquinhos vive falando em medo. do lobo, do jacaré, do tubarão.

questão difícil essa. freud explica????

maria rita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
maria rita disse...

hahaha aqui foi assim também. diante dos insuportáveis barulhos do vizinho, ela perguntou se era um lobo. eu disse que não, que era só o moleque do vizinho. durante o banho, ela solta essa: "Vovó, ele come gente?" foi um bom argumento na reclamação que fiz pro sindico.

Lαurinhα disse...

Ooie ;D
Minha dinda tinha feito um outro blog pra mim ; mais deu vários erros ; e ela teve que excluir . Dai criou um novo ;D Será que eu posso fazer parte da sua lista de amigos ? O seu cantinho ta muito lindo ; ameei *---*

Espero sua visitinha lá no meu viu

Beijos ; beijos

P.S: Virei tua seguidora ; se der vira minha também ;D

Pinguinho da Mamãe disse...

Oi, Camila...
Que gracinha...
Hahahaha...
Estes medos que eles começam a criar são engraçados, e imaginar o que eles imaginam, é mais engraçado ainda...
Bjs

Kah disse...

Odeio vizinhos. Nunca tive um vizinho legal. hahahaha

Medos são normais, mas dá uma peninha, né?
Mas come gente é o máximo! De onde ela tirou isso, hein?
Beijão!

Gisella Baptista disse...

Nossa Camila, é complicada essa fase de medo, né?!
Meu pequenos também têm medo, e sempre na hora de dormirem...
O pequeno tem de bruxa e a maior de lobo, escuro.
Coloquei um anjinho no quarto e digo que eles protegem, mas tem dias que nem isso resolve...
Bjs
Gi

Fabi LV disse...

Oi Cá, sou eu de novo!!! Medo é uma coisa danada mesmo, né. Minha filha tem alguns medos, mas já deixou te ter outros medos tb. Não dormia no quarto dela pq tinha medo de monstros. Agora, dorme numa boa. Ela tem vários anjinhos da guarda e eu falei pra ela que eles a protegeriam a noite de qualquer medo que ela tivesse. Parece q deu certo. Hoje em dia ela vai direto pra caminha dela. Quando eu chamo ela pra deitar comigo na minha cama, ela fala: "Agora que durmo no meu quarto sozinha vc quer que eu volte a dormir com vc, é?!" Agora, eu é que tenho medo de dormir sem minha filhota!!!
Ah, outra coisa, não dei bronca em vc não, Flor. Só senti sua falta. E por falar em falta, vi que vc não está me seguindo ainda!!!! Vai lá, me segue também, vai?! Bj da Fabi

Ana Elisa disse...

Post maravilhoso!! Camilinha, você continua inpirada para essas coisas! Que delicia!!!!
Beijo

Geovana disse...

Ai guria nossa eu passo cada com seu CAio, agora ele ta com medo que algum bandido entre aqui em casa e leve o PS2 dele, nossa todo dia é a mesma pergunta: "Mãe a casa ta toda fechada, a senhora ta me cuidando " hehehe, eu mereço né, é todo o dia a mesma pergunta antes de dormir...
Esses filhos não são faceis né...bjs na prole.

Dany disse...

Caio tem medo de altura e eu dou graças por isso...hehehe
Assim, ele nunca vai querer dar uma de super homem...

geny disse...

o que fazer com meu pimpolho de 5 anos q resolveu ter medo dos monstros!!!! Já tentei de td !!!!!Bjs Geny

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs