terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Os "queridos" brinquedos novos...

Às vezes eu acho que as empresas fabricantes de brinquedos nos odeiam.

Justo a gente?

Aqui as enxurradas de presentes, na maioria brinquedos, diga-se, acontecem 3 vezes ao ano (aniversários, Dia das Crianças e Natal) multiplicados por 3. Só isso já deveria me garantir um cartão fidelidade top master. Mas, não.

Sabe o que eles fazem comigo? Me humilham diante dos meus filhos quando “prendem” na caixa um carrinho de controle remoto com 16 arames, 4 em cada roda. O controle, propriamente dito, tem mais uns 4. Daí, já estou espertinha, sempre tenho um tesoura – essa sim é top master – para ir cortando os arames.

Então, o brinquedo está livre, vamos brincar?

É claro que não, são necessárias 20 pilhas para o carrinho e mais 15 para o controle remoto: QUE NUNCA SÃO INCLUÍDAS e nos fazem o favor de avisar esse “detalhe” na parte mais escondida da caixa e naquelas letrinhas minúsculas.

Liga na fábrica de pilhas, encomenda um estoque (veja bem, melhor garantir, o quanto que esse brinquedo não deve gastar de pilha??). Chegaram as pilhas, vamos brincar? É claro que não, quem tem uma chave Philips para abrir o compartimento das pilhas?

O carrinho estava pronto, montado, carregado e funcionando quando a pobre da criança já estava dormindo exausta no sofá, aproveitou bem mais a programação de Natal da Discovery Kids do que o presente trazido pelo Papai Noel.

Compartilhar

21 comentários:

Carol Garcia disse...

básico.
agora o pior é que alguns brinquedos vem parafusados nas caixas.
o ó.
já disse pro Isaac que alguns modelos só serão possíveis quenaod mudarmos nosso sobrenome para Rayovac.
Haja pilha!!!
bjocas

Liliane Arend disse...

Nossa nem fala .... nos empolgamops pra compartilhar uns momentos divertivos mas são tantos os 'pré-requisitos' antes da brincadeira que agora antes de entregar o presente pro JP eu monto, coloco pilha, tiro arame, tudo antes dele enxergar o presente ... a farra de desembrulhar fica para os presentes dados pelos 'tios'
bjo

Regina disse...

bom dia Camila

adorei!!!!! pensei que só eu tivesse passado por toda essa experiência sozinha!!

Já desisti de comprar esses brinquedos com pilha, você tem toda uma produção, compra de pilhas, chave Phillipis (sou sempre eu que coloco as pilhas, até achar onde o marido guarda isso...), e ai a pilha dura no máximo 2 dias!!! : ) affffffffffffff

beijos

Priscila, disse...

Camila, nem me fale! O que significa todo esse emaranhado de arame e fita adesiva em torno dos brinquedos??? Sistema anti-furto? Pelamordedeus!!!! Eu perco completamente a paciência e fico igual a uma louca cortando e rasgando enfurecida as caixas de brinquedo. Saudade da minha época de criança, que os brinquedos vinham soltos na caixa e o compartimento para as pilhas não tinham proteção nenhuma...
Abraço!

Priscila disse...

hahaha!! é bem verdade mesmo!!! bjks

Anônimo disse...

nossa! isso eh um saquinho mesmo!!!!!!
pra que facilitar se vc pode dificultar, ne????
bj
Mi

Fabi Coltri disse...

Hahahahahhaha
A mais pura verdade.
Little Mommy Primeiros Passo vai 2 pilhas em cada pé e mais 2 nas costchas!! rs

kkkkkkk

Dulci disse...

Será que os fabricantes não entendem as frustrações das mães para melhorarem isto?! Também passo por isto nestas mesmas datas.Isso quando não estão com defeito, a minha filha queria a Barbie (moda e magia) e a caixa vem até com uma abertura para testar. A madrinha deu a boneca, tá abre, tira os arames, vira de um lado,vira do outro e nada de tocar a música.Teve que trocar.Duro foi explicar pra Melissa que pelo custo eles tinham que trocar SIM.

Paula disse...

Nossa é verdade. Isso sem contar a quantidade absurda de papelao que nao cumprem nenhuma funcao especifica. Consciencia ecológica zero.
Beijos

www.diasdesamuca.blogspot.com

Thaís Rosa disse...

hummm... e parece que, quanto maiores eles ficam, mais complicado tirar os brinquedos da caixa... realmente humilhante, tive que pedir ajuda do pai para pelo menos 2 deles, que não dava conta de jeito nenhum.... sacanagem dos fabricantes, hehe.

Beta, a mãe disse...

Esses brinquedos sao um saco! Me irrito sempre, e nao eh soh carrunhos eh boneca, bonecos e afins. O estoque de pilhas eu sempre tenho e sempre to repondo. Outro dia demos um Buzz pra Bia, trouxemos no aviao no maior estili farofa e quando chegamos aqui ao abrir, quebrou a asa do dito e ela ficou sem brincar ateh hoje pq pir aqui ninguem tem habilidades manuais! Beijocas

Ilana disse...

É Camila, o esquema é apelar pros brinquedos educativos, que não usam pilhas e ainda estimulam a criatividade... Sempre que posso escolho um desses (mas vale dizer que meu filhote é ainda pequeno pra pedir os presentes que quer, então nós que escolhemos mesmo).
Beijos!

Le Chouê disse...

Camila pura realidade isso que você escreveu!Nós Sofremos!
Gostaríamos de comvidá-la para conhecer nosso blog bem como a Le Chouê, uma marca de moda infantil de Santa Catarina! Nosso objetivo é aliar conforto à design do jeito que a criançada gosta!
Esperamos que gostes!
Adoramos seu blog!
Grande beijo e sucesso!

www.lechoue.com.br
www.bloglechoue.blogspot.com

Bianca disse...

MDTR - Morrendo de Tanto Rir.....

Isso aconteceu com o autorama que compramos pro meu enteado..... Foi o ó!!!!!!!!!!!

Ai, que raiva, irrita mesmo.

Beijos

MÃE DO GUI disse...

Realmente é durezaaaaa esses brinquedos... Haja paciência..Acho que os fabricantes não são pais e nem mães, kkkk

adorei o nome do seu blog...Vou te seguir tá?
Passa lá no meu, tá ficando legal, sou nova por aqui.

Bjs

Mariana - viciados em colo disse...

esta lição já sei de coueur! já sofri tanto! aqui na sala tem uma gaveta com pilhas de todos os tipos...
mando as pilhas junto com o presente e fico na expectativa que a mãe saiba usar uma faca no lugar da chave estrela!
beijoca

Luciana disse...

Falou TUDO! Que raiva!!!

Pois a solução que eu tenho encontrado é, na medida do possivel, tentado evitar de comprar os Fisher Pricers da vida e dar preferencia aos mais artesanais, que não usam pilha e consequentemente tambem não fazem barulho (ufa!). Mas não é sempre que dá pra evitar os outros, eu sei... daí, haja paciencia e criatividade pra abrir essas embalagens e botar o brinquedo pra funcionar!

Bjs!

Lu do Nic

Juliana Dalzoto disse...

Ahahahahaha
Adorei esse post!
Ri um monte aqui na frente do computador, estava me vendo ali conforme ia lendo e lendo! Mas é muito chato mesmo esse monte de coisas que precisamos fazer para que o filhote possa brincar com o brinquedo. Dá uma preguiça só em olhar o dito cujo na caixa!!!!

Seria muito mais cômico se não fosse tão irritante mesmo! Igualzinho como vc descreveu!!!

***
Obrigada pela visita lá no blog! Realmente o encontro foi muito legal, legal mesmo!!! Espero te encontrar numa próxima oportunidade ;) E conhecer a Manuzita, a primeira amiguinha secreta virtual do Lucas ;)

Beijocas
Ju

Naiara Krauspenhar disse...

Ah, nem me faleeeeee. Odeio brinquedo com pilha.
Não compro, não compro!
GG tem porque sempre tem alguém que dá...
Dá vontade de falar:
"amanhã voce me manda uma caixa de pilha pra acompanhar"... rs

Aline, mãe da "Malia" disse...

O problema volta quando as pilhas e baterias de todos os brinquedos acabam tudo juntos... Aconteceu com os brinquedos que a minha Maria Rita ganhou no aniversário de 01 ano... Haja pilha!!! Bjs. Tô te seguindo pra te ocupar mais ainda.

Roberta - Estante Mágica disse...

Camilinha, bem por aí... Super frustrante comprarmos algo e vermos que "falta" alguma coisa.
E haja pilha...rsrsrs

Super Bjks

Beta

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs