quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Manuela vive sonhando!

Eu fiz o meu caminho e as minhas escolhas na Faculdade de Psicologia seguindo os sonhos. Não esses bestas dos Concursos de Misses, mas os sonhos mesmo, os que nós sonhamos durante o sono, as chamadas “atividades oníricas”.

Adoro ouvir os sonhos alheios e tentar interpretá-los, fiz muita terapia sem nem falar de pai e mãe, mas só com o meu caderninho de sonhos. Ele ficava na minha mesinha de cabeceira, era a primeira coisa em que eu encostava quando acordava e já ia logo fazendo as anotações sobre a noite anterior para poder levar na minha terapia. O caderninho era hiper-ultra secreto, mais do que todas as minhas agendas e diários, já que eu acredito com todas as minhas forças o quão revelador um sonho é.

Daí, eu tive uma filha e depois mais dois filhos e o meu sono nunca mais foi o mesmo. Para lembrar dos sonhos, tem que dormir de verdade por um bom tempo, sem ficar acordando de hora em hora ou no susto. Portanto, amigas, a conclusão triste é de que eu não lembro mais dos meus sonhos e daí tenho que ficar falando de pai e mãe quando me deito no divã.

Para a minha alegria, a Manu sonha um monte. Às vezes, tem pesadelos, o que me obriga e ir dormir junto com ela, mas, de forma geral, ela sonha muito e fica maravilhada com a própria capacidade de produzir imagens e histórias tão fascinantes!

Eu me delicio e posso ouvir os sonhos da minha filha o dia inteiro, coisa que ela faz sem que seja necessário pedir. Repete os sonhos ao longo do dia, para todo mundo que passa por perto e inclui sempre os mesmos detalhes. (Só que se ela soubesse a “profundidade reveladora” dos sonhos, faria como eu e anotaria em um caderninho com cadeado!).

Outro dia, acordou falando que um índio queria colocar fogo no ombro dela e que a minha irmã a salvava. Teve uma história de ir a uma loja de relógios com os padrinhos, ganhar um adesivo da Cinderela para colar no relógio, mas o tal adesivo era muito grande e teve de ser cortado na metade. Também teve um enxame de abelhas que ameaçava picá-la dentro de casa. O mais recente foi com o Mogli, aquele menino-lobo, que estava cozinhando macarrão dentro de um saco de pipoca.

Sabe aquela pessoa que fala sobre as novelas como se fosse a vida real? Essa é a Manu com os seus sonhos, ela tem certeza de que se trata da realidade. Eu dou corda, quero saber mais e vivo soltando os meus “Jura?” quando ouço os relatos dos sonhos (viajantes!) da minha filha e morro de fofura quando ela me responde:

- Juro, Mamãe! Tava tudo escuro no meu quarto, mas eu vi aqui no meu olho!



Compartilhar

7 comentários:

Ana Campos disse...

Ai Camila, compartilho com você o fato de não sonhar mais por acordar torcentas vezes durante a noite...eu também tinha sonhos viajantes, do tipo ver os trapalhões chegando em casa descendo de uma nave espacial...rrsrsrs...marido de divertia...
Achei fofo você dar corda pra Manu...muito legal.

bjs

Karin :: Mamãe e Cia disse...

OInnnn que bonitinha.... eu também daria corda...
MEu filho sonha também, só não conta, ele chuta e chora porque roubaram a bola dele...ahahaha...

Esses filhos sempre rendem boas histórias!

BEijos

KArin
www.mamaeecia.com.br

Renata Marques disse...

Também já não sonho tanto como antes por causa do sono interrompido e do estado alerta o tempo todo.

Juliana Cidade disse...

Oi, Camila.
Meu filho raramente fala de sonhos, mas eu costumo sonhar bastante. E olha que tenho um bebê de 7 meses que acorda muito de madrugada. Mas aí ele me acorda no meio de um sonho e o sonho fica mais vivo na minha memória. Como não tenho tempo de anotar e nem faço terapia, depois esqueço. rs
Bjs,
Ju.

Celi disse...

Que linda a Manu. Fico imaginando a conversa entre vocês a respeito do sonho. Como é bom sonhar... Também ando sonhando pouco, muito pouco. Tem um sorteio no meu blog. Veja se interessa para seus pequenos. Um beijo.

Lia Vasconcelos disse...

Fofa! Bjs

(Mamãe) ~Pinel disse...

Ai gente!!! Claro que esse post tinha que terminar com uma frase linda da Manu! hehe

Eu penso exatamente como você à respeito dos sonhos. Não chego a anotá-los, mas sempre que acordo gosto de repassar tudo e lembrar os detalhes!

Adooooro tentar adivinhar o que está por trás dos sonhos!
Sempre dou corda pras coisas que meus irmãozinhos sonham também! =D

Beijo!

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs