segunda-feira, 6 de junho de 2011

A escolha de um filho

Manuzinha passou muito tempo com o discurso de que queria ser mãe quando crescesse, não sei de onde (ou de quem, hein?!) ela tirou essa idéia. Dizia até que ia ter filhas gêmeas, Maria Clara e Helena. Já chegou a descrever todos os cuidados que teria com os seus bebês, discurso que ouvi atentamente e com lágrimas nos olhos.

Mas, a conversa mudou. Agora ela quer ser pediatra. Gente, pediatra!! E eu já elaborei mentalmente as vantagens e desvantagens para essas duas escolhas, deixa eu te contar, filha.

Em primeiro lugar, meu amor, qualquer uma das escolhas que você fizer, vai ter que se dedicar muito, muito e muito. Dia e noite. Além das suas forças. Nunca fui e nem pretendo ser pediatra, mas posso imaginar que a dedicação deve ir além das suas forças, vontades e cansaço. E, acredita, nenhuma mãe gosta de ver ou de imaginar o seu filho exausto, se alimentando mal, sem dormir e sem poder brincar ou se divertir quando quiser.

Caso você escolha a maternidade, Manu, quanto mais filhos tiver, mais trabalho vai ter, mais cansada vai ficar, menos tempo terá para você e, para as suas coisas, assim como menos dinheiro vai sobrar (fato!). Por outro lado, na Medicina, quanto mais pacientes tiver, mais terá que trabalhar e se dedicar, ganhará mais dinheiro para as suas coisinhas. Dinheiro em espécie na Medicina. Na maternidade, o pagamento vem de outras formas, tão boas e compensadoras quanto o dinheiro, mas é um pagamento que não compra roupa, não paga jantares em restaurantes bacanas e nem a conta do cabeleireiro. Mas, te digo, o "salário" é bom.

Imagino que, na Medicina, tenha o dia certo do pagamento, até com direito a férias e 13º. Na maternidade, não. Todo dia é dia de pagamento, não tem férias ou 13º., mas são muitos bônus, quase que diariamente também.

Como pediatra, o seu celular vai tocar de madrugada e você vai ter que se arrumar e correr para o hospital. Como mãe, o seu filho vai chorar à noite e você vai correr até o quarto dele de pijama. Ambas as “profissões” exigem que você dê inúmeros plantões e cada um paga na sua própria moeda.

Sendo mãe, você vai ter que exercitar toda a sua paciência com os seus filhos. Sendo pediatra, você vai ter que exercitar toda a sua paciência com as mães.

Um pediatra faz uns 5 ou 6 (é isso mesmo? Fiquei na dúvida!)anos de faculdade, 2 de residência e dá sempre o mesmo diagnóstico: “é uma virose”. A mãe não estuda nada e nunca tem diagnóstico nenhum, apenas milhares e milhares de hipóteses.

Filhinha, não quero te convencer de nada, tá? Só quero tentar te mostrar o que cada uma dessas lindas escolhas pode te oferecer. Se você quiser, pode pedir para as mães blogueiras (como você chama as amigas do computador que a Mamãe tanto fala e para quem tanto escreve!) te ajudar a escolher e decidir também. Mas, tenha uma certeza: a Mamãe só (!!!) quer que você seja feliz em qualquer coisa que resolver fazer, tá bom? Te amo, meu amor!

Compartilhar

20 comentários:

Carol Garcia disse...

Lindo, Camilictha!
Lindo, sincero e mais que verdadeiro...
E o que a gente fala pra um filho que quer ser dinossauro qdo crescer???

hahaha

Dani disse...

Que lindo Cá!
A tia aqui pode palpitar: mãe! voto na Manu mãe das gemeas! É isso!
(acho que sou meio traumatizada com esse negócio de plantão de médico!)
Beijo
Dani

Kah disse...

Que tal uma mãe pediatra, hein? Hein? Concordo com a Dani, também: mãe de gêmeas!
Beijão!

Michele Schefel disse...

Fofo!! Assim MAnun pode escolher qualquer profissão que será muito feliz!

MuitoCriança disse...

Querida o exemplo é a fofa da mãe que ela tem, quer ser igual.
Eu gostei mesmo foi do nome da uma das gêmeas...kkkkk.
Beijos nas fofas....

Sandra Hellen disse...

Quando eu era criança tinha o mesmo discurso, vou ser pediatra. Depois cresci e disse que teria gêmeas!
Hoje nem uma coisa nem outra, apesar de que o desejo de gêmeos ainda existe!!!

Bj

Sara Lima Saraceno disse...

Fofa, fofa!!!
Minha filha Lara adooora brincar de médico com suas bonecas, mas nunca quer ser a médica, só quer ser a MÃE!! E eu toda besta...rsrsrs!
A dinda dela é oftalmo e tem uma maleta de agulhas e pinças cirúrgicas, as quais despertam o maior interesse da minha pequena... outro dia no carro, ela falou: Mamãe, quando eu ficar grande, vou cuidar dos olhinhos das pessoas doentes, porque ai dinda vai deixar eu mexer em toooodas as pinças dela, todas as aguias"...hahahahaha!!!
Mas, se vc perguntar o que ela quer ser quando crescer, ela fala: Advogada, igual mamãe!
E tô contigo, Camila, sendo mãe, oftalmo, advogada, etc., só quero que ela seja FELIZ!!
Bjuus
http://www.vivendoavidacomoelaeh.blogspot.com/

Beatriz Zogaib disse...

Não temos mesmo o poder de escolher por eles né? E mesmo se tivéssemos, será que escolheríamos a melhor opção? Difícil... Fácil é ir lá no blog e pegar o selinho que deixei prá vc! Porque sigo e admiro seu blog.
beijos
Bia
www.vidadamami.blogspot.com

Meriellen disse...

Ser mãe é a melhor opçao de todas!! bjo

Renata disse...

Que lindo...
É a frase que li esses dias...
"A verdade é que a gente não faz filhos. Só faz o layout. Eles mesmos fazem a arte final" (Luis Fernando Veríssimo).
p.s. meu sobrinho, de 2 anos e meio, disse outro dia que quer ser um gatinho preto quando crescer. hã??? ahahahaha. melhor pediatra, né?

*Mvn disse...

Lindo!!!
Estou, profundamente, emocionada com toda sua explicação e relato das semelhanças e diferenças entre ser Mãe ou Pediatra.
Mas acho que ser Mãe é a melhor e mais gratificante profissão do mundo.
Beijos e parabéns pela sensibilidade.

Barbara Luduvice disse...

Camila... que emoção você causou em mim.. lindo demais
Palavras tão sinceras e carregadas de amor...
Desde pequena sempre quis ser Pediatra, hoje fico com a maternidade de olhos fechados... mas a Manú pode ter certeza que vai contar com uma mãe muito carinhosa e atenciosa para decidir qualquer coisa que queira fazer, e olha, com certeza virão muitas e muitas profissões por aí...
Beijão, hoje em especial na Manú, que tão pequenininha, já tem essa personalidade singular...

Lorena Magalhaes disse...

Não precisa escolher!Fala pra ela que pode ser mãe e médica.
Mas vai dar um trabalhão!
Beijos

Re disse...

Que lindo e digo, se ela for ainda mais esperta, nao vai escolher entre um e outro e sim será os dois, mae e pediatra..alias, quer melhor pediatra que seja mae tb?

Sarah disse...

Que demais! Adorei a analogia, ficou ótimo! E a ideia de uma mãe pediatra também é ótima né!
bjo

Ananda Etges disse...

Adorei a Manu querendo gêmeas! E lindos os nomes que ela escolheu!

Beijos, Ananda.

http://projetodemae.wordpress.com

Juliana Doerner disse...

Que lindo!!!

Muito fofo...
Ela pode optar pelos dois?.. rs

Tenho certeza que ela será bem instruída!

Beijos

Mamma Mini disse...

Que fofa! É demais ver um pingo de gente desse tamanho com tanta vontade própria né? Eu acho que um dia eles são tão babies e de repente eles são pessoinhas com muito diálogo, muito recurso de vocabulário e muita muita vontade própria. É o máximo partilhar destes momentos e mais ainda, registrar. Um dia Dra Manu, no auge de seus 35 anos com suas gêmeas vai ler seu post e se deliciar com ele! Um beijo amiga, mas é fato mesmo, queremos o que os faça felizes, independente da trampa que cada escolha vai trazer...rsrsrs, beijo!

Celi disse...

Camila,
Que bela conversa. Pelo jeito sua pequena gosta de criança, hein? E com certeza ela tem um bom exemplo em casa. Só mostra o quanto admira você!
Um beijo.
Ontem escrevi um post e falo o quanto seu blog é maravilhoso. Espero que não se incomode de ter citado seu blog.
Um beijo.

Mirys + Guigo + Nina disse...

Camila:

Minha pequena também fala em ser pediatra. É que a tia preferida (minha irmã número 2) é... E como a Helena se compara a ela em TUDO, é claro que ela ia querer ser pediatra!...

Acho uma das profissões mais lindas do mundo. mas é bem essa loucura toda que você falou...

Vamos ver, vamos ver...

Bjos e bençãos.
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs