segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Questão, dúvida ou uma ajuda pelamordedeus!

Leiam com atenção o enunciado e respondam às questões em seguida:

A sua filha te chama miando feito um gatinho noite sim, noite também, noite não para ir dormir na cama dela.

1) Isso é considerado cama compartilhada?

2) Pode isso, Arnaldo?



Compartilhar

25 comentários:

Proprietária orgulhosa do sanatório disse...

Nossa, estamos no mesmo barco, até porque estamos acordadas a essa hora fazendo a vontade de nossas crias.

Nas noites em que estou muuuuuito cansada adoto a cama compartilhada, mas me nego a aceitar que isso vá durar muito tempo.

Socorro!

Carol Garcia disse...

kkk...

camilitcha... aqui em casa percebi que dormir juntinho é a vitória pro pequeno, logo eu arrumei um jeito de ficar no quarto até ele estar seguro sem o tão conforto do abraçadinho.
eu fico sentada no tapete. arrumei um caminhão de pelúcia caso eu precise deitar (é, pq o sono é violento) e logo ele dorme de novo. e depois de algumas noites sem o tal compartilhamento camístico, ele parou de pedir.
mas o pai não usa a tática do tapete e sempre é requisitado pra um chega-chega.
básico.

bjocas

Fabi Coltri disse...

Tô sofrendo da mesma coisa por aqui!

Renata disse...

Miando feito um gatinho foi ótimo!
Aqui em casa marido e eu pedimos por favor pra Bia deixar a gente deitar na cama dela, porque aquele colchão é uma delícia, hahaha. Assim que ela dorme a gente sai, e mesmo assim tem hora que ela não quer de jeito nenhum que a gente deite lá, tem que "sentar no banco" ao lado da cama. Mas sozinha ela dificilmente pega no sono.
Beijos!

Marcia Pergameni disse...

é sim flor, e lá em casa noite sim e a outra também Cecília chama o papai e deita na caminha com a gente. Antonio acorda as 5h e chora, é só deitá-lo com a gente e tudo passa!!!!

Dani disse...

É um conluio de todas as crias? Por aqui está acontecendo a mesma coisa.

HELP!

Juliana Ramos disse...

Depende...

1. Vc vai?
2. Qto tempo permanece com a cria?
3. Chega a adormecer compartilhadamente?


Responda as questões e estudaremos o seu caso...

Bjo compartilhado!!!

Camila disse...

Jú, seguem as respostas:
1) eu vou e gosto (a cama dela é uma delícia!)
2) permaneço até a hora de acordar no dia seguinte!
3) adormecer compatilhadamente? Eu capoto e até sonho!!!
E aí?? Qual é o veredicto?
Bjos,
Camila

Uli disse...

Sinceramente, ir para a cama do filho ainda é menos pior do que deixar ele vir para a nossa...isso por aqui, sempre foi proibido. Na cama do papai e da mamãe nem pensar! Mas os meus tbm acordam durante a noite me chamando e sigo a técnica de acalmá-los sentando ao lado da cama, fazendo um cafunézinho, sussurrando uma musiquinha (para os outros não acordarem) mas dormir na mesma cama não gosto não. Dizem que vicia muito rápido. Parece que a gente emana um odor tranquilizante durante à noite poderoso que todo filho ama...hahaha Bjs!
PS. Para as piores noites, (febres, vômitos, pesadelos) eu já deixo um colchonete em baixo de uma das caminhas...e aí me rendo e durmo por lá mesmo...
Bjs!

Beatriz Zogaib disse...

Camila, lembra quando você me escreveu que as acordadas do meu poderia ser frio ? Pois então, repito a você que pode ser qualquer fator como esse (frio acho que não tem mais né?). Mas pode ser sonho, algo que ela anda assistindo ou que assistiu, ouviu, viu e que está na cabecinha dela. Léo teve dessas dias atrás, uma lembrança de mais de um mês que se juntou com outra e resultou em umas acordadas sem sentido aparentemente e convite para ficar por lá. Só descobri o dia que ele de fato berrou, lembrou do sonho e me contou.
Não acho que é cama compartilhada e acho que o melhor que voc6e faz é ficar por lá. O contrário é mais arriscadinho, embora também não seja errado. Vai passar e logo logo você descobre o que anda a incomodando.
Beijos
Bia
www.vidadamami.blogspot.com

Bianca disse...

Xiiii Camila, sinto-lhe informar que eu acho que essas coisas "viciam" mesmo, viu?? kkkkkk, aqui rola muito tb, tem dias que eu acho gostoso, tem dias que eu não tô com muito saco maaaaas enfim, normal, acho que todos fazem, né?
beijo e Boa semana

O Fabuloso blog de Eli disse...

Hummm bom, é quase que um mantra né?: "lá em casa ta acontecendo a mesma coisa"
Não sofra com isso, além de ser uma fase, eu adotei a seguinte postura: se é para o bom sono de todos, vamos compartilhar!
Talvez vale tentar o diálogo e tentar descobrir pq ela está agindo assim, será que não é medo? enfim...
Uma dica boa que já usei 3 vezes com a Clara (1ano 2 meses) é a quebra de rotina para depois iniciar uma nova rotina. Exemplo: se ela está com vcs na cama, se tiver a oportunidade de viajar e ficar uns dias fora, ao voltar, haja naturalmente, na hora de ir para a cama coloque cada um no seu devido lugar. Talvez funcione com vc também. Comigo essa tática é muito boa. Inclusive, vou usá-la novamente para que a Clara volte a dormir no seu quarto depois das minhas férias de setembro, quando voltar do MT da casa dos meus pais.
Beijo e boa sorte!

Dione disse...

Camila, será que essas crianças combinam as ações? Quando uma faz, o resto vai atrás!!!!
Nunca fui para a cama da Nina pq comprei uma mini cama, hahaha. Não me cabe lá! Mas de vez em quando me arrependo, já que ela chama e eu tenho que ficar no chão. Quando o bicho tá pegando e ela acorda 500 vezes, jogo um colchão no chão e fico por lá até ela dormir pesado (se eu não dormir antes). Não gosto que ela vá para a minha cama, mas de vez em quando eu confesso que finjo que não percebi, de tão cansativo que é o vai e vem.
Beijos!

Anne disse...

isso se chama insônia compartilhada

Regina disse...

Ih Ca!! Isso não é nada legal!!
Sinal de que está insegura, com medo! Tente achar o problema, o que está acontecendo, pois dependência para dormir nãa é nada bom!!
Tenha uma ótima semana!
beijos
www.psicologaregina.blogspot.com

Juliana Cidade disse...

Camila,
Dorme com a sua filhota mesmo, isso é natural, o anti-natural é obrigar filhos pequenos e dormir sozinhos.
Daqui a algum tempo você vai tentar deitar com ela e ela vai dizer "sai, mãe, chega pra lá". rs Aproveita enquanto pode.
Bjs,
Ju.
http://www.temquevalerapena.blogspot.com/

Ísis Rocha disse...

Ih, Ca!

Meu problema é que divido o quarto com a Julinha, daí pra convencê-la a não sair da cama dela e vir pra minha é ainda mais difícil.

O que eu faço? Ponho ela pra dormir todos os dias.

Sim, eu fico com ela até ela pegar no sono, relaxar e soltar a minha mão.

E sim, eu quase sempre caio no sono. O que me força a dormir cedo quando preciso e acaba sendo super bom.

Não sei se é o melhor, mas é o que funciona pra mim.

Eu tento relaxar com isso de "pode" ou "não pode".

Pra mim, ficar atenta ao que cada situação pode trazer pra você, pros pequenos e pra família é ótimo e suficiente.

Letícia Volponi disse...

ai, Camila, não faz pergunta difícil, menina. Eu to num dilema semelhante: fazê-la dormir sozinha ou não? Para resolver essa de chamar no meio da noite, aqui em casa funcionou com uma conversa bem sincera. Eu disse que a cama dela é pequena para dormirmos juntas e ela entendeu. Às vezes ela ainda chama, faz meia duzia de perguntas, mas em seguida volta a dormir...

Ju do Pinguinho da Mamãe disse...

Camila.
Aqui ainda não temos este problema pois ainda usamos o berço, mas que a minha cama fica uma delicia com ela deitadinha com a mamãe... ah, se fica....kkk
Bjs
Ju

Mara Lopes disse...

Oi Camila,
Se você vai pro quarto dela e gosta, aproveita meeeesmo,porque esta fase passa tão rápido que depois dá uma saudade imensa!!
Obs¹:Eu ainda não passei por isso mas imagino que seja assim, por isso a dica,ok?!rsrs
Obs²: Dias destes li um post seu antes de dormir,e adivinha??Sonhei com todos os seus filhos e o "elevador panorâmico" que vc citou no post.kkkkk
Me faça uma vista qualquer dia destes lá no meu catinho.Será muito bem-vinda!! www.artedesafiodamaternidade.blogspot.com

Celi disse...

Então coloco outras questões para tudo isso. Perguntas que faço diariamente. O que será:
- Insônia?
- Medo ou insegurança?
- Vontade de querer a mamãe por perto, como se não bastasse o tempo inteiro durante o dia?
- Manha..... rs rs rs rs
Vai saber!

Sabrina Ândrea disse...

Estou passando por isso, mas não encano não...pelo bem do meu soninho que é sagrado, optei por compartilhar cama sim, e eu adoro dormir sentindo o cheirinho dela... e sei que não vai ser para sempre! Tenho 3 meninas, a mais velha tem 10, outra 7 e a que compartilha cama comigo tem 2... mas passei por isso com todas elas, e cada uma foi indo para seu quartinho e ficando por lá na hora certa, sem pressão e sem choro...ainda tenho saudade de quando dormiam agarradinha comigo!!
Agora estou organizando o quarto para que a menor vá se adaptando devagar... mas não tenho pressa não .
E isso não acabou com meu casamento, nem atrapalhou a minha relação com meu esposo... a casa tem outros comodos para a gente se esbaldar!!

Mas cada pessoa acha o seu jeitinho de fazer as coisas!!E torço para que vc consiga ajeitar tudo da melhor forma possível !!

beijinhos

Luciana - Descobertas disse...

adorei as respostas para Ju, acho que o diagnóstico é: cama compartilhada em 3º grau!

bjs

Coisas de mãe disse...

Funciona para você?

Eu durmo melhor na minha cama. E sem as crianças (elas chutam demais!!!!!!). Mas já descobri que cada casa, um caso!

beijos

Pati

Camila disse...

A verdade é uma só: só quem nunca teve filho que condena pais que dormem na cama de filho ou filho que dorme na cama dos pais... na hora que a gente está com sono, tem que levantar cedo no dia seguinte pra trabalhar, vê a criança chorando com medo, ou apenas querendo um colo, ou uma companhia... duvido que vai conseguir ser firme e manter a linha "livro de psicologia"! Que atire a primeira pedra aquele que consegue!
Beijos

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs