quarta-feira, 16 de junho de 2010

Marcando na "folhinha"


A Copa do Mundo finalmente começou para nós, brasileiros, ontem. Nada de comentários a respeito do jogo, essa mamãe aqui é incompetente no assunto. Ganhou? Tá bom.

Pituquinhos devidamente vestidos para assistir ao primeiro jogo da primeira Copa da vida, evento muito, muito importante. Ganharam, de última hora, a camisa 10. Tamanho 4 para o Joaquim e o Pedro e 6 para a Manu. Ficaram ótimas, por cima do moleton, afinal, com o frio que fazia, manga curta só daqui a uns 3 meses.

Mas essa Copa me fez lembrar da última, de 2006. Eu estava me preparando para casar, o casamento aconteceu durante a Copa e eu aproveitava os momentos dos jogos para abrir os presentes que chegavam, depois ia para a futura casinha ver a obra, arrumar armários, ou seja, uma de-lí-ci-a!! Detalhe: foi ontem.

Comecei a pensar na passagem do tempo, como tenho acompanhado a velocidade com que ele se vai... Sim, porque, depois daquela ansiedade em completar 18 anos, o tempo voa, muito, muito rápido.

E depois de me tornar mãe?? Mal acompanho! Quando percebemos, eles estão andando, falando, crescendo na velocidade da luz. Semana que vem a Manu faz 3 anos, a mocinha que nasceu ontem, mas já dorme na cama, não usa fralda, enfim, voa, voa, voa!
Mas notei que eu tenho um calendário diferente, que não se divide em meses e nem semanas. É um calendário materno.

“Lembra do Natal de 2006? Aquele em que eu estava grávida da Manu e nem sabia que era menina...”

“E o Reveillon de 2006? A gente foi para a Praia do Forte, eu comia e enjoava o dia inteiro!”

“E o meu aniversário de 2008? Eu estava de repouso, gravidésima dos meninos, 2 dias antes deles nascerem!!”

Quer dizer, os eventos e datas importantes têm sido marcados e associados à minha memória (afetiva e emocional)de acordo com o tempo das minhas “gravidezes” e a idade dos meus filhos.

As primeiras férias na fazenda , o Joaquim e o Pedro nem ficavam sentadinhos sozinhos, mas no ano seguinte, já estavam quase correndo atrás das galinhas.
Ou o meu primeiro Dia das Mães, em que eu me senti a pessoa mais privilegiada do mundo, só tinha a Manu, que não entendeu nada do que estava acontecendo naquele domingo, mas tudo bem. E, rapidinho, no ano seguinte, ela já me abraçava e dizia “te amo, mamãe”.

Esse calendário não tem feriados ou finais de semana, todo dia é dia de “trabalho”. As alegrias podem vir naquela segunda-feira terrível, do mau-humor e da preguiça, mas animam o resto da semana. Assim como a virose pode começar a dar sinais na Sexta-Feira Santa e a Páscoa fica marcada por uma dieta de arroz, frango, batata e cenoura, o chocolate fica para o ano seguinte. E a folia do Carnaval se resume a Luftal, bolsas de água quente e massagens na barriguinha de um bebezinho que urra de cólica de 15 em 15 minutos.

Nem adianta procurar esse calendário em lojas, cada um faz o seu, no melhor estilo scrapbook. Excluam alguns feriados, mas rabisquem sorrisos, abracinhos e beijinhos diariamente.E pintem como quiser, com todas as cores e emoções vividas dia-a-dia.

Compartilhar

20 comentários:

Fernanda Oening disse...

Camila, comentei esses dias com o meu marido... depois que viramos mães realmente o tempo passa muito rápido. E me pego sempre falando "no ano passado, nessa data, eu estava de tantas semanas"... é muito louco, né? Em menos de um ano tudo muda, a vida vira do avesso... piscou, perdeu!!!
bjs
PS: Vi suas fotos no facebook, seus filhos são lindos... parabéns!

Sarah disse...

Que lindo texto Camila! Acho que todas as mães concordam com vc. Ontem, dia da estreia do Brasil na Copa, foi uma data em que nós lá em casa vamos marcar na nossa folhinha pra sempre: Bento começou a andar!! Consegui registrar e coloquei lá no blog. Você, que já passou por isso 3 vezes sabe como é emocionante né!! Realmente, depois que os filhos nascem, todas as datas importantes são lembradas de acordo com o que estávamos fazendo em relação a eles. E, fala a verdade, não é muito mais legal assim?? :P
http://maedobento.blogspot.com/

viciados em colo disse...

é isso mesmo! exatamente assim...
Mariana

Carol Garcia disse...

assino em baixo.
calendário de mãe são outros quinhentos...
bjocas
carol
http://viajandonamaternidade.blogspot.com

Paloma, a mãe disse...

Menina, vc anda inspirada mesmo, hein? Cada reflexão em forma de texto melhor que a outra. Concordo com tudo e esta é a minha segunda Copa seguida grávida. Meu calendário é assim também, não tem como não ser.
Beijos

Paloma, a mãe disse...

Gostei tanto que fiz até um link para este texto lá no blog, viu?
Beijos

Dany disse...

Lindo texto!!!
Meu calendário tb é assim!!!
Cheguei aqui através da Paloma da Ciça e amei seu cantinho. Tô seguindo! :-)

Grazi, mãe do Principe disse...

lINDO cA, REALMENTE COMO O TEMPO VOA QUANDO NOS TORNAMOS MAES , E NOSSO CALENDARIO É MUITO DOFERENTE MESMO DOS NORMAS .
BJUS

Mariana disse...

Oi Camila, é bem assim mesmo.
Tá lindo o texto, parabéns!
Beijo
Mariana

Mi Satake disse...

Camila, me emocionei demais com seu texto. Pra mim ser mãe é assim tb. Acompanho outros blogs de vida de mãe, e sempre digo isso: Depois que nos tornamos mamães o foco é outro.
Essa copa foi a primeira que meus filhos estão acompanhando: A sofia tinha dois aninhos na de 2006 (não ligava pros jogos ainda), e o Theo era recem-nascido.
Torcer com eles o primeiro jogo do Brasil, foi mais pra observá-los do que o jogo e vi que realmente o tempo passou.
Q delícia ve-los crescendo.

Parabéns pelo blog!!

Patrícia Boudakian disse...

Lindo texto! Adoro como escreve o que sente e o que pensa. É muita inspiração. Parabéns. beijo

Marina disse...

Ô, meu Deus, é verdade!
Faz seis meses que eu não conto meu tepo pelos dias, mas pelo desenvolvimento da Bia!
E realmente voa!

Sweet Canadian Life disse...

Lindo o texto! O meu calendario e' um pouco diferente do seu. Por opcao casamos e decidimos nao ter filhos de imediato e curtimos muito a nossa vida de casados. Ha' 5 anos atras decidimos ser pais. Apesar de ser uma mae dedicada e ocupada com duas meninas, faco questao de nao deixar de ser mulher e nao abro mao do meu calendario. E', o tempo realmente voa! ...E como e' gostoso ter recordacoes de cada dia desse calendario.
Bjs.

Flavia disse...

Puxa vida é assim mesmo! Os dias e meses do calendario passa a ser mero coadjuvante e passamos a ver o tempo passar através do crescimentos dos nossos pequenos.

Lindo texto!

Beijos

ps.: to te linkando, tá?

Marina Mello disse...

Adorei conhecer seu blog. Assim como vc tenho um filho de 2 anos e 6 meses, Tomaz, e recentemente tive o Francisco e Antônio hoje com 4 meses. Identifico-me muito com suas observações e em especial este post. Parabéns. Abçs, Marina

Mamma Mini disse...

Oi querida, bom achei lindo lindo seu post, muito muito emocionante e real, mostra todo o amor da sua family, realmente eu tava pensando nisso mesmo ontem, porque na primeira copa do David, ele foi atacado pela twiggy nossa cachorra, tava pensando que eu vou sempre lembrar: na primeira copa do mundo do David ele foi mordido pela twiggy e ficamos muito tristes.... não queria que a estréia fosse assim, mas estará marcado no calendário das nossas vidas, de qualquer jeito, claro que daqui anos quando a gente lembrar que na última copa o David tava dodói e mordido, vamos até dar risada (se deus quiser) mas na hora dói dói muito! Um super beijo, adorei adorei seu post, super super lindo. Fê babá de férias, filho doente, imagina né? precisandoooooooooooooo daquele nosso almoço...hhahahaha

LUA disse...

aiiii!adorei!!o texto e o blog!!vou seguir!!!!

Chris Ferreira disse...

OI Camila,
Para mim também é assim: ganhou tá bom.
Muito lindo e emocionante o seu calendário. Adorei o texto recheado de emoção.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

JuUUh disse...

simplesmente perfeito !! ^^

Mariana disse...

Lindo demais esse post, menina! To aqui com lágruima no cantinho do olho :)
E lembrando do natal de 2008, quando o Theo tinha poucos dias de vida...
bjo

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs