segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

BLOGAGEM COLETIVA: "NÓS, OS PAIS"



Apresentando, Maridinho.

Que leu o post para a família toda antes do jantar. Que recebeu aplausos ao fim da leitura. Que me fez chorar a cada vírgula. Que eu amo, amo e amo.

"Do anúncio da primeira gravidez da Cá até que eu me visse em uma sala de parto branca e impessoal, contando repetidamente os dedos das mãos e dos pés da minha primeira filha recém-nascida, foi apenas um segundo. Ou é assim que eu me lembro e, portanto, deve mesmo ser verdade.

Não existe nada como ter filhos para nos dar a noção da passagem do tempo. Mas é um tempo que corre diferente, meio esquisito, cheio de espelhos, déjà-vus, e janelas abertas ao infinito das possibilidades. E entre memórias que vão se construindo a duzentos por hora e futuros milimetricamente planejados – quanta pretensão! -, me sobram mesmo aqueles momentos tão intensos quanto o protesto dos reis e o consenso dos mártires – copyright Bruno Tolentino: a primeira vez que os ouvi dizer “papai”; um passeio de mãos dadas na fazenda; o rostinho deslumbrado de três crianças na roda gigante de um parque de diversões; um sorvete de morango escorrendo por três cotovelozinhos lindos; a impressão sublime do mar naquelas alminhas reluzentes; paisagens à janela; histórias de aventura antes de dormir; céus recheados de estrelas sob um cobertor estendido na grama; a pipa de macaco empinada ao vento morno de uma tarde de verão; perceber que as brincadeiras deles, sozinhos, refletem exatamente aquilo que quisemos ensinar (bonecas que rezam antes de dormir, lutas de espada pela honra de uma princesa presa). Mas também o dia em que os ensinarei a surfar, a reconhecer cada pedaço de grama do Estádio do Morumbi, a ler Platão no original (será?), em que verei a formatura e o casamento deles.

Mas, olhando esses anos que passaram - e os que se Deus quiser virão -, eu hoje sei que ter filhos é também perceber que a responsabilidade pessoal adquire uma importância exponencial a cada dia. Porque, se as crianças absorvem tudo como pequenas esponjinhas inteligentíssimas e têm mesmo nos pais esse espelho incondicional, no fim, você sabe que não é nada daquele super-herói que eles imaginam (ou têm certeza). De maneira que só resta mesmo tentar corresponder da melhor forma possível, entre defeitos, culpas, limitações, e um amor tão incondicional que até dói, de tão apertado que fica o nosso coração ao saber que jamais poderemos proteger nossos filhos de todos os perigos do mundo.

Mas a verdade mesmo é que apenas essa tentativa é a viagem mais extraordinária que poderia existir, com seus sucessos e fracassos, desvios imprevisíveis, surpresas e recompensas. Porque os filhos ampliam a nossa visão do mundo, completam-nos e nos fazem enxergar aquele amor que talvez antes imaginássemos impossível. É procurar o espelho e encontrar uma janela aberta, espraiada ao longe, muito além de onde a vista alcança.
"

Compartilhar

34 comentários:

sofia-educarcomcarinho disse...

Lindo!
Parabéns ao papá. Me emocionei ao ler o texto... Filhos são isso mesmo completam-nos.

uma óptima semana para esta família tão querida :)

Sarah disse...

MARAVILHOSO!!! Lindo lindo esse texto! Parabéns pai da Manu, do Joaquim e do Pedro, por captar tão bem a essência de ser pai e transmiti-la com tanta sensibilidade.

Milenna disse...

Que lindo Ca!!
Amei e me emociomei!!
Bjos.

Paula Dreger disse...

Ai que lindo Cá, parabéns ao maridão, prá você e também para os seus 3 lindos!
um beijo

Renata disse...

snif...também emocionei!
sorte dos nossos filhotes com papais tão especiais, né?
beijos

Carol Garcia disse...

Lindo, mariditcho da camilitcha!
aí que fico eu na dúvida.... é um post, uma declaração de amor ou um coração aberto e cheio de vida?
arrisco os três e tenho quase certeza que não erro.
bjocas

Fabi Coltri disse...

Que lindo!!

Parabéns todo mundo dessa família linda!!

Bjs

Meg Lima disse...

Palavras lindas.... e é de Pai presente ...a gente percebe ... Q Deus abencoe vcs q se completam até nas palavras e abencoe tambem seus tesourinhos "falantes" ....Bjus

Anônimo disse...

nao tenho nem palavras: speechless!!!!
LINDO!!!!!
Parabens Ca, pela LINDISSIMA e completa familia!
beijos,
Mi

Regina disse...

Que lindo!! Que delícia essa blogagem coletiva, ler esses sentimentos que os pais tem e que quase nunca se sabe, o que se pensa e o que se sente...
Lindo, lindo esse posicionamento do ontem, hoje e do amanhã... Lindo também é poder viver assim em família, e um respeitando o outro, um amando o outro mesmo com defeitos!!
ótima semana para a linda família!!
beijos

tem post novo sobre transtornos alimentares em www.psicologaregina.blogspot.com

Roberta disse...

Adorei. Lindo!! Esses papais quando "soltam o verbo" são perfeitos!!

bjs

Mamãe pela 2ª vez disse...

Hoje os papais estão com tudo.

Lindo texto, papai feliz, cheio de amor, Deus os abençoe e a seus filhos por ter pais como vcs.

Coisas de mãe disse...

Estes pais são tão mães ne? Adorei!

beijo

Li disse...

Que lindo texto e que poético!
Parabéns pelo post e pela família!

Ah! Aproveito para convidá-lo a ler também o post do meu marido em meu blog:
http://passeadoeviajandoemfamilia.blogspot.com

Lívia.

Roberta Lippi disse...

Lindo o texto do marido... Escreve tão bem, ele!
Essas declarações de amor de pai emocionam a gente, né?
Beijos, beijos a toda a família

Thaís Rosa disse...

Camila, que maridão mais poético!!!
lindo post, de uma sensibilidade incrível.
Me emocionei muito.
(ainda mais depois de ter lido recentemente seu post sobre a descoberda da segunda gravidez, e depois, de que eram gêmeos!!)
beijos pros cinco!

Ana Carolina disse...

Parabéns pelo belo post!!!

quasemaepai.blogspot.com

Beatriz Zogaib disse...

LIndo post. Escreve tao bem que poderia ter o blog papai ta ocupado... Camila, parabens pelo marido. marido, parabens pela Camila. E parabens aos dois pelos filhos!
Bia (www.vidadamami.blogspot.com)

Livia, mãe da Carol disse...

Que posto lindo, marido da Camila! Não sei o nome...rs! Lindo demais! Que Deus abençõe a família de vcs com muito amor e saúde, sempre!

Kelly Resende disse...

Parabéns pelo post, papai! Lindo, vc escreve mto bem, pode contribuir mais vezes. rsss
Abraços

projetodemae disse...

Muito legal a ideia dos pais participarem dos blogs. Os textos ficaram ótimos e cheios de sentimentos!

Beijo, Ananda.

http://projetodemae.wordpress.com/

Juliana Ramos disse...

Tô adorando!!!
Temos que fazer mais vezes!!!

Bjinhos

Anne disse...

menina!! que texto!! se cuida que ele te leva o blog!!! hahahaha
me arrepiei inteira.... é mesmo um amor impossível!
bjos família linda!!

Lisiê Piccolotto Aguiar disse...

Camila
é muito bom ver que aquele " rapaz " que a gente escolheu pra ficar pra sempre ao nosso lado se tornou um grande pai,que participa e curte cada momento da vida dos seus filhos e principalmente que não tem vergonha de expor seus sentimentos....familia linda ! abraços e parabéns pro papai, pode fazer um blog pra ele já !

MuitoCriança disse...

Oi Cá, faz tempo que não passo aqui, nem aqui nem em lugar nenhum. Trampis....tanks God.
Amore passei pra deixar um beijo e dizer que não esqueço os meus blogs que estão sempre lá do ladinho na minha lista de blogs. Bjs Paty do Nutrição e Cia com um pouco de tempo mais pro M&C Muito Criança.
A gente se vê no Face too.

Beta, a mãe disse...

Uau Ca eu chorei tb! Como ele escreve bem! Da pra ver o amor transbordando pelas palavras! Parabens pelo marido q tem e os 3 fofuchos. Tenho certeza q sabe quao abencoada eh! Beijocas

Mariana Della Barba disse...

De deixar lagriminha no canto do olho. Lindo mesmo!
Linkei o post lá no blog, juntos com os outros pais fofos que participaram dessa ideia genial :)
Assim a gente não perde nenhum post (ou, pelo menos, tenta)
Bjos pra família toda

Mamma Mini disse...

super poético, amei, sou fã da family, acho que o papai ocupado também pode ter sua coluna no blog! rs rs rs rs beijo!

Ivana (Coisa de mãe) disse...

Affff!! De arrepiar!!! Quanta sensibilidade, que texto lindo, amei!

Parabéns ao papai!!!

Bjos

sou mãe, e agora??? disse...

Nossa ficou lindo , os papais deveriam postar mais, e porque nao entram na atmosfera blogueira? De uma coisa eu sei, eles levão muito jeito...

Eliane disse...

O que posso fazer ao ler este belíssimo texto?
clap clap clap clap
e
snif snif snif snif

Lindo e emocionante =D
bjos
http://larfamiliaecia.blogspot.com/

Anna disse...

que post lindo! parabéns!

Jussara disse...

Lindo, poético, cheio de amor pela família. Lindos tb os valores que vocês estão passando a eles. Parabéns ao marido, Camila!

Jussara disse...

Voltei só pra falar (era pra ter falado na hora em que comentei, mas esqueci - oh, a idade!), que além de escrever super bem, seu marido ainda acentua o "tem" no plural (têm). Até respirei aliviada, pois achava que eu era a única pessoa que ainda distinguia tem de têm. Fazia tempos não lia um texto na internet com o "têm" no plural e seu devido acento. Então, parabéns de novo! (sim, sou a louca da ortografia e admiro quem não assassina o português. rs). Aproveito pra dizer que vc tb escreve muito bem. :)

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs