quarta-feira, 30 de março de 2011

Ai, que menino chato!!

Não me contive. Não aguentei. Não deixei passar.

Olha só: estávamos no clube no domingo de manhã, um dia lindo de sol, aproveitando a piscina com as crianças. Mais especificamente, na piscina das crianças. Bem rasinha, segura, lotada de crianças pequenas e até bebês, todos acompanhados de algum adulto.

Em um certo momento, aparece um menino de uns 7, 8 anos, sozinho e do tipo chato. Ficava correndo de um lado para o outro, quase atropelando e derrubando as crianças bem menores do que ele, jogava água em todo mundo, tirava os brinquedos das mãos das crianças, tudo bem inadequado. Dava para ver a “tensão” dos outros pais diante da proximidade do moleque.

Vejo ele jogando água em uma menina fofa de tudo, de uns 3 anos e o pai dela olha feio e fala sério para o menino:

- Chega! Agora você vai parar de jogar água. Acabou.

Ele não foi bravo, não deu bronca, só chamou a atenção com seriedade, afinal estava realmente passando dos limites com todo mundo.

Logo em seguida, o moleque resolveu pegar um dos brinquedos dos meus filhos. Até aí, sem problemas, só que ele passou a jogar, ou melhor, atirar o brinquedo no meio das crianças e, se acertasse alguém, machucaria com certeza.

Cheguei perto e falei também em tom sério:

- Acho melhor você parar de jogar esse brinquedo, porque pode atingir alguma criança e machucar.

Só isso, gente. O menino atirou o brinquedo mais uma vez e saiu andando.

Maridinho achou que não se deve dar bronca em filho dos outros em hipótese alguma.

Justifico dizendo que não foi uma bronca, chamei a atenção de um menino de 7, 8 anos, sozinho em uma piscina, que fatalmente acertaria e machucaria alguma criança bem menor do que ele.

*****

E aí??

Compartilhar

52 comentários:

Carol Garcia disse...

agora me diz.
cadê os responsáveis por essa criatura hein????
afff....
aqui tbm as vezes tenho que dar a direta em crianças maiores que não respeitam os pequenos.
não bronqueio, longe disso, até pq iria odiar que o fizessem com o meu filho.
mas pera lá, se não educa direito não tem como não passar por isso, certo?
falo dos responsáveis pq uma criança de 7,8 anos, criada sem limites com certeza vai crescer um ser sem noção. total.
bjo

Renata disse...

Tbm acho que a gente não tem que ficar dando bronca no filho dos outros, mas se os pais da criança em questão não fazem nada quando o pirralho apronta, e ele oferece algum risco a outras pessoas e crianças, alguém tem sim que fazer alguma coisa. Infelizmente não é todo mundo que se preocupa em educar os filhos e a gente não tem que ficar aguentando essa falta de educação né? É injusto com nossos filhos, que aguentam tudo mtas vezes calados pq são mais educados.
Bjs

Paula Dreger disse...

Eu faria a mesma coisa que voce!! Certeza!!
beijos querida,
Paula

Milenna disse...

No seu lugar, faria a mesma coisa.
Se os pais não educam em casa com o carinho e atenção que se deve dar a uma criança, infelizmente esse menino aprenderá com o mundo, com a vida que ás vezes pode ser bem dura.
Bjos.

Renata Senlle disse...

E aí que, se a bronca foi pra proetger os seus filhotes e as demais crianças, acho que está certíssima!
abs,

Graciane Ivanow disse...

Corretíssimo, querida!
O mundo está cheio de crianças chatas e desobedientes, mas que, na maioria das vezes é por pura ausência dos pais, como esse menino que estava sozinho. Tenho um sobrinho que é terrível e sempre preciso dar esse tipo de "bronca" nele, sei que os pais não gostam, mas se não gostam por que é que eles mesmos não educam? E o pior é que agora ele está fazendo aulas de artes marciais e acha que pode treinar com a minha filha! Ai ai...
Beijocas.

Erica disse...

Acho que eu faria a mesma coisa.
Quer dizer.... eu faço a mesma coisa. rsrsrs.
http://educarmaisblog.blogspot.com/

Mamãe da Elô disse...

Olha eu faria o mesmo, com o risco até de pegar ele pelo "pescoço", rsrs brincadeira.
Se os pais não tomam atitude eu chamo a atenção de crianças que de alguma forma apresenta algum risco para minha filha ou para outras crianças, na frente dos pais.
Tem gente que falta bom senso.
Bjos

Nine disse...

E aí que cadê os responsáveis por esse menino??? Coitado...senti pena e posso até estar enganada, mas me pareceu a típica "chamada de atenção", sabe? Quando a criança faz tudo de errado para você notar que ela está ali? Então...
E dar bronca no filho dos outros é complicado mesmo, mas acho que você não deu bronca nenhuma, apenas explicou, já o outro pai deu o famoso "pito", como se diz em SC, mas como os responsáveis estavam alheios, fazer o quê?
Beijos,
Nine

Grace disse...

Eu faria a mesma coisa...e ainda levava o moleque pela orelha até o pai...eheheheh
beijosss

Mariana - viciados em colo disse...

não acho errado não!
se os pais não educam e colocam limites, o mundo colocará, mais cedo ou mais tarde!
quando me deparo com situações assim, faço a mesma coisa, até na presença dos pais e mesmo que sejam amigos!
beijoca

Renata disse...

Nossa Ca, fez muito bem. Se os pais estivessem por perto, cuidando e olhando, vc não precisaria falar nada (assim a gente espera, né? rs!), mas estando ele sozinho e incomodando todo mundo, tem que falar sim...
Apoiada!
beijos

Kira! disse...

Eu dou bronca. Não quero nem saber. Póde ser filho de qualquer pessoa, se ta fazendo merda eu dou bronca mesmo. E se encher o saco, vou até a mãe da criança e reclamo. Porque né, eu cuido da minha filha, dos meus sobrinhos para nmão fazer certas coisas com outras crianças/adultos porque as outras mães/tias não podem fazer o mesmo? Cai a mão?

Beijos

Roberta Lippi disse...

Ah, eu faria a mesma coisa. Não se dá bronca desde que ele não esteja atormentando os seus filhos, não é verdade? Se o menino está fazendo coisa errada mas não está incomodando ninguém, é problema dos pais dele. Agora vem mexer com minhas filhas que leva também, com certeza.

Alice Campos disse...

Certíssima!
Se os pais não gostassem que outros corrigissem, estariam fazendo sua obrigação.
Eu não tenho muita paciência com criança mal educada não. Está invadindo meu espaço, aprontando e os pais não estão corrigindo, eu mesma falo com a criança. Assim como falo com adultos sem noção! :P mas eu não faço o tipo popular mesmo...
Sou loka?
Beijos!

Dione disse...

Eu falo também. Parque, piscina, clube, lugares coletivos, tem sempre umas regrinhas de convivência, de tolerância, de paciência. Mas se a criança não tem ninguém olhando por ela a gente tem que falar, tanto para dar bronca como para protegê-la quando se coloca em risco.

Bianca disse...

Tb acho q vc agiu certo. Faço de tudo pra não chamar atenção de outras crianças, mas qdo extrapolam e os pais não estão presentes, é preciso agir!!
Eu tenho uma filha de 6 anos e acho q, se por algum motivo qq eu não estivesse perto num momento q ela estivesse aprontando, não me importaria q chamassem a atenção dela. Tudo depende da forma de falar, e acho q vc foi precisa e educada.
A verdade é q quem não quer q ninguêm chame a atenção dos seus filhos, deve educá-los sempre e não sair de perto jamais!
Parabéns pelo blog!

Lia disse...

Quem não tem mãe, tem mesmo que levar bronca de desconhecidos...
Fazer o quê? Deixar o menino continuar hostilizando as outras crianças?

José Achilles A J Teixeira e Ana Valeria F A Lopes disse...

Minha filha fazia ballet em uma academia em Brasilia onde a maioria das crianças ficavam com as babas. Na sala de espera era um horror, crianças que se jogavam e acabavam batendo em quem estava sentada. Um dia, eu gravida do meu segundo filho em certo garotinho, pequeno mas todo marentinho saindo do judo veio para me dar um soco na barriga....... eu segurei a mão dele e a baba veio me perguntar o que eu ia fazer... naquela hora eu respirei fundo...e falei que não iria deixa-lo me bater ou em qualquer outra criança e que ela tomasse conta dele. Nooutro dia a mãe ficava olhando de cara feia para mim, mas a criança passou a me cumprimentar e fazer carinho na barriga. Com os outros vivia empurrando no bebedouro, no banheiro sempre quando ninguém estava olhando. Eu sempre falei. Atualmente estou mais quieta, mas criança, as vezes , pede limite.
Ana Valéria
www.corujandoartes.blogspot.com

Bobby disse...

EU DOU BRONCA NOS FILHOS DOS OUTROS.
(vou mandar fazer camiseta)

Naiara Krauspenhar disse...

É uma situação complicada né?
Passei por algo parecido no supermercado esses dias.
Com dois meninos +- nessa faixa etaria tambem correndo com os carrinhos de compras e quase atropelando todo mundo.
Teve um aliás que acertou meu carrinho.
Eu fiquei possessa.
Estava todo mundo incomodado com aquilo.

Eu só falei pra eles "Acho que não é legal ficar correndo com os carrinhos aqui dentro, pode machucar alguém".

Mas foi o mesmo que não falar nada. Eles riram da minha cara e continuaram correndo... rs

Eu fiquei tão fula que fui embora e voltei pra fazer minhas compras outra hora.

Fala sério gente, cadê os pais??????

Dê Freitas disse...

E aí que eu fico me perguntando onde estava o responsável por esse menino, né?

Que horror Carol, nossa. Você foi super razoável, está certíssima por ter alertado o tal menino do perigo para com as outras crianças.

Eu fico boba lá no meu condomínio, a quantidade de crianças menores de 6 anos, que andam sozinhas pelas "ruas" de lá até mais de 22h. Parece coisa de pais que querem um minuto de descanso em casa então deixam os rebentos soltos por aí.

Beijo querida

Lisiê Piccolotto Aguiar disse...

como vc não pensaria 2 x.
achei correta sua atitude e faria o mesmo.
falando nisso cade os pais dessa adoravél criança heim ??? rsrsr

Juliana Ramos disse...

Eu vivo dando bronca em filho alheio... A começar com os meus sobrinhos...

E no clube, vixe, acho que é o lugar em que eu mais dou bronca alheia... O clube é um lugar que as mães se sentem tranquilas e soltam os filhos esquecendo que elas ainda são responsáveis por aquela criatura. Terrível!

No parquinho do clube, aqui, é batata, todo dia dou bronca... Os moleques grandes resolvem jogar futebol no meio das crianças pequenas... não dá, né?

Brigo mesmo, e senão adiantar chamo o segurança. E vc acha que a mãe da criança aparece... que nada!!!

Toda criança mau-educada parece que vem com uma mãe ausente...pq será???

Bjo

Mari Hart disse...

E aí vc tá certíssima!!!! Se a mãe/pai não educam tem que aprender na marra!!!!!!

Aqui no meu condomínio é mais ou menos assim. As crianças ficam alrgadas sem responsáveis tocando o terror! Elas me vêem e se apavoram, dou esporro em todo mundo! kkkkkkk.... mas tipo de 8 a 11 anos.

Outro dia um menino de 9 anos jogou longe o pé de pato da minha filha que sem querer acabou caindo em um bueiro. Fiz o garoto descer p/buscar dentro do buraco sujo dizendo que eu ia fazer ele engolir o pé de pato!(até parece né!?rs!) Tem muita criança mal educada no mundo!

Bjkas!

Liliane Pimenta disse...

Camila querida, no seu lugar eu ainda pegaria pelo braço e intregaria nas mãos da mãe desnaturada.kkkkk se vc soubesse o quanto já passei por isso... bjosss
http//:jeppimentinha.blospot.com

Beta disse...

Nossa, eu fico super nervosa com essas coisa. Eu chamo atenção mesmo e se não adiantar, procuro ver quem está com a criança p/ avisar o que a pessoa já está vendo, mas, finge que não vê. Se a pessoa não tomar atitude, procuro o gerente do estabelecimento p/ reclamar...
Bjs!

Dany (Toka Brasil) disse...

Cada coisa nessa vida... Eu hein!
Adorei seu post e seu blog.
Tudo aqui parece ser feito com muito carinho, adoro isso!
Vim parar nele depois de visitar o "Vestido de ROdar" da minha amiga Rê, um blog que adoro também.
Vou te seguir pra poder voltar e acompanhar as novidades.
Uma ótima quarta-feira pra vc.
Beijos, beijos!!!
Twitter: @tokabrasil
www.blogtokabrasil.blogspot.com

Beatriz Zogaib disse...

Camila você escreve com uma veracidade que nos imaginamos na cena... Acho que faria o mesmo. Tem momentos que temos que falar, já que os pais não falam. Mas sempre como gostaríamos que falassem com nossos filhos. Isso ajuda a se controlar!
Parabéns pelos últimos posts... O da galinha está perfeito!

Priscila disse...

EU DOU BRONCA NOS FILHOS DOS OUTROS.
(Bobby, se vc fizer a camiseta, eu também quero!)
E aviso meus filhos que eles também podem levar bronca dos outros, se não escutarem as minhas recomendações de bom comportamento. E digo que isso é chato. Muito chato.

Agora, vamos combinar que essa idade já meio chatinha por natureza... Sem limite e educação, então...

Beijo.

Dani disse...

eu acho que você esta certa e faria o mesmo (aliás, fiz, em uma situação parecidíssima, também no clube - será o mesmo clube? será o mesmo menino? rs)

Priscila disse...

Vc tá certissima!! Eu tb chamaria a atenção dele!!

Renata Resnitzky disse...

Dou o maior apoio!
Tenho pena dessa criança, que pelo visto não tem atenção dos pais, por isso tenta chamar atenção alheia. No entanto, não vai passar perigo por causa dele. Tá certíssima!

Micheli disse...

Eu já fiz isso.
E acho um absurdo criança "largada" em um lugar que ela mesma poderia se machucar (se estava sozinha ali, poderia estar na piscina dos adultos também).
Eu não me conformo com esse tipo de pais.
Outro dia eu estava no parquinho com a pequena, e tinha uma menina de uns quatro anos, no máximo, sozinha ali. Trepando em tudo, subindo (em brinquedos perigosos de cair e se quebrar feio). E cadê os pais, gente?
Não aguentei, perguntei uma hora se ela estava sozinha e ela disse que não, que os pais estavam na praça. Olhei ao redor e não vi nenhum pai ou mãe que não estivesse cuidando dos próprios filhos ali. E, em todo o tempo que lá estive, ela permanecia sozinha. Minha conclusão é que os pais deviam estar fazendo ginástica, andando ou correndo. Mas gente, ela não tinha tamanho para brincar sozinha no parquinho! Fiquei muito, muito indignada.
Infelizmente tem pais que não estão nem aí, nem com os próprios filhos, nem com o dos outros.
Sim, porque o moleque estava solto aprontanto tanto porque não tem limites, certo?
Beijos.

Juliana disse...

Cadê a mãe ou o pai deste peste meu Jesuis? Eu faria o mesmo, criança mal educada e desacompanhada tem que receber orientação de qualquer adulto. Beijo.

kkfaria disse...

E cade a mãe numa hora dessas? Acho que tem que chamar atenção sim! Já que não recebe educação em casa, que seja na rua! Não suporto criança assim, mas PIOR ainda é mãe e pai que fingem que não veem o que seus filhos estão fazendo e ainda acham ruim quando seu filho leva um puxão de orelha.

Karin Petermann disse...

Desculpa pelo que vou falar, mas infelizmente tem pai e mãe que não sei porque tiveram um filho.
Paciência e educação caminham juntos, isso todo pai deve saber. Claro que tem momentos que eles nos tiram do sério, mas são nos momentos de maiores conflitos que demonstramos a arte de ser mãe.

E me desculpa, se os pais não fazem e tá interferindo diretamente em você, acho que você e o outro pai estavam mais que certos em chamar a atenção do moleque.

Beijos

Karin
www.mamaeecia.com.br

Jackie disse...

Certíssima!!! eu não dou bronca no filho dos outros desde que esses "OUTROS" estejam tomando conta do filho, por que dessa maneira vc vai e fala pros pais. Eu tenho 02 afilhados, a menina está terrivel, e as vezes me encontro nessa situação, de não chamar a atenção pq é a obrigação dos pais e me contenho desde que o que ela esteja fazendo não prejudique ninguém além dela ( aí é prob. dos pais).

bjussssssssssssssss

Fabi disse...

Oi Cá, tudo bem??? Como um pai ou uma mãe deixa uma criança dessa idade soziha???? Ele poderia se machucar, se ferir, se perder!!!! Também não gosto de chamar atenção dos filhos dos outros não, penso que cada um que cuide dos seus, mas nessas circunstâncias, acho que faria o mesmo, sem dúvida. Bj gde da Fabi.

Fanny Barbosa disse...

Sim!! o menino não têm pai e nem mãe não??!!
Amiga vc tá certa, se pai/mãe não está presente como é que a criança vai entender o limite e respeitar o espaço do outro?

Regina disse...

hahaha Camila!! Até imagino a cena!!
Esses dias eu e meu marido vimos algo parecido no mc donalds, na parte do playground, o menino não tinha noção de nada, gritava na orelha das crianças, jogava o tal do max steel e tudo mais... olhavamos para o lado onde estava a mãe, e nada... a mãe estava achando a coisa mais normal do mundo aquele moleque descontrolado. Nossa, me preocupo tanto com a educação do Digo Digo que acabo sendo exagerada! Mas, não consigo ver esse tipo de coisa também!!
bjs

Elaina disse...

Vc esta certíssima!

Tem que chamar a atenção sim!

Uma vez aconteceu uma situação parecida com a sua, mas foi em uma loja de brinquedos e agi da mesma forma.

Se a criança não tem educação, com meus filhos é que não vão mexer.

Bjs

Elaina
http://www.vidademae.net/

Sarah disse...

Não dá pra segurar mesmo, né! Uma coisa é dar bronca em filho alheio que está acompanhado dos pais, isso é complicado. Mas a situação que vc descreveu, com o menino sozinho e ainda por cima podendo machucar outras crianças... eu também me meteria sim. Da mesma forma que vc eu acho, sem ser mal-educada, mas firme.
E cadê os pais desse menino? Infelizmente ainda há pais desse modelo, que não veem o mal que fazem aos próprios filhos.
bjos

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

e ai que você fez o seu papel de mãe, pensando não somente nos seus filhos e sim em todas as outras crianças, pois esse malcriadinho poderia acertar com o brinquedo algum inocente.

bjão

Gisella Baptista disse...

Ai Camila, é tão difícil essa coisa de não dar bronca em outros meninos... Eu já chamei a atenção de alguns e sempre em momentos onde meus filhos estavam em risco justamente por causa desses outros que ficam "largados"por aí, achando que podem fazer tudo, só porque os pais não comparecem para educar!! Acho que vc fez muito bem, tanto em relação aos seus filhos e às crianças em volta, quanto ao próprio menino, que não deve ter ninguém para mostrá-lo os limites da vida. Bjs Gi

Suzana disse...

Olá, sempre leio seu blog, mas nunca comentei... Adoro as histórias da sua trupe =)
Eu não tenho filho, mas dou sim bronca nos filhos dos outros, na minha afilhada e no irmão dela, nos filhos dos meus amigos e colegas, nos meus primos menores e até nos filhos de quem eu nem conheço. E dou bronca até na frente dos pais, se estes estiverem se omitindo, não quero nem saber.
Uma vez no supermercado tinha uma menina furando os plásticos das bandejas de pães de queijo. Eu a repreendi na frente da mãe dela, que virou pra ela e falou "tá vendo, bem feito, não se comporta". Eu quase falei pra ela: "Errada está a senhora, que não educa".
Criança pede limite e têm muitos pais que não sabem dar. Eles é quem deveriam levar uma bronca.

Fabiana disse...

Bronca nele djá!

Livia, mãe da Carol disse...

Se a pessoa não gosta que o filho leve bronca dos outros, deve educá-lo. Já fiquei calada diante de situações que não deveria e me arrependi. Hoje eu falo também e se a mãe reclamar eu digo que ela deve então colocar limites qdo soltar a fera. Se em casa ele bate na Mãe, problema dela, mas na rua deve se comportar se não quiser ser chamado atenção. Vc fez certo. Certíssimo, aliás. Provavelmente estava solto pela piscina pq nem os pais devem aguentar mais! Bjs!

Lia Sérgia Marcondes disse...

Eu faria o mesmo. E ó... tentaria achar os pais e reclamaria. Ah, se reclamaria. E se eles achassem ruim, eu dava queixa ao síndico, porque aqui no conds é tolerância zero com estas coisas. 1ª vez advertência, 2ª multa. Só doendo no bolso, pra certos pais darem um mínimo de educação pros filhos.

Triste... :/

Marcia Pergameni disse...

E ai eu te digo: esta certa!!!

Já chamei tb a atenção de um menino de uns 6 anos. estavamos nesses pula-pula na pracinha. E o cara colocou ele la dentro com a minha filha de dois anos. Já não gostei muito, mas tudo bem. Ele começou a pular e ia puxando os cabelos dela . E o pai olhando como se nada estivesse acontecendo: banana!! Olhei pra ele e falei bem serio: Ei, vc não pode machucá-la não ok!! Pode tirar suas do cabelo dela!! Ele foi pro lado do pai que o tirou do brinquedo! Fala serio!!

EDGARD disse...

TODA MOEDA TEM DUAS FACES, MINHA MENINA FOI CHAMADA ATENCAO PELA SINDICA, NA FRENTE DA MAE, E SABIDO QUE AS MOCHILAS DE RODINHA FAZEM BARULHO NA ESCADA, ASSIM COMO O MOTOR DE UM CARRO, O BATER DE UMA PORTA, SO QUE A DRA SINDICA E DELEGADA,MAS CHAMAR ATENCAO DIRETAMNETE A CRIANCA DE 6 ANOS, O LOCO,ESSA DELEGADA E MALUCA OU E ABUSO DE PODER!!!!!!1

EDGARD disse...

TODA MOEDA TEM DUAS FACES, MINHA MENINA FOI CHAMADA ATENCAO PELA SINDICA, NA FRENTE DA MAE, E SABIDO QUE AS MOCHILAS DE RODINHA FAZEM BARULHO NA ESCADA, ASSIM COMO O MOTOR DE UM CARRO, O BATER DE UMA PORTA, SO QUE A DRA SINDICA E DELEGADA,MAS CHAMAR ATENCAO DIRETAMNETE A CRIANCA DE 6 ANOS, O LOCO,ESSA DELEGADA E MALUCA OU E ABUSO DE PODER!!!!!!1

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs