sexta-feira, 18 de março de 2011

Mais polêmica das cadeirinhas...

Por motivos de força maior, precisamos adquirir três novas cadeirinhas para o carro.

A compra foi feita pela internet, recebemos tudo direitinho, sem problemas. No entanto, quando fui instalá-las no meu carro, notei que eram cadeirinhas fabricadas para instalação em cinto de 3 pontos. O meu carro tem dois desses cintos, um em cada janela do banco de trás, mas o banco do meio tem apenas o cinto abdominal.

Liguei na loja na intenção de trocar uma das cadeirinhas por alguma outra que ficasse presa pelo cinto abdominal. A loja não se recusou a fazer a troca, mas me informou que não são mais fabricadas cadeirinhas para cintos abdominais.

De acordo com essa nova lei das cadeirinhas, o mais seguro é realmente instalá-las no cinto de três pontos e, por isso, os fabricantes não fazem mais cadeirinhas de cinto abdominal. Não discordo na questão da segurança, mas e agora? Como é que faz? Preciso trocar o carro por um que tenha três cintos de três pontos? Para que assim eu possa transportar os meus três filhos de maneira segura e dentro da lei??

Absolutamente e absurdamente inviável!

Eu não fui checar essa informação, se realmente não fabricam mais as cadeirinhas de cinto abdominal, ou se é isso mesmo o que diz a lei, se alguém souber, por favor, me ajude. Fiquei tão chocada que me deu até preguiça e uma raivinha... Imagino que algumas lojas ainda devem ter esse tipo de cadeira para cinto abdominal, que tenham sobrado em estoque, não sei.

Tenho certeza de que os fabricantes estão loucos para vender milhares de cadeirinhas aos pais que pretendem transportar os seus filhos de modo seguro e de acordo com a lei, mas limitar as cadeirinhas ao cinto de três pontos é, no mínimo, uma decisão estranha (para não dizer burra, desvantajosa e nada rentável). Mais ainda, se isso é uma exigência da lei, é necessário que haja um tempo para as adequações necessárias. Lembram que adiaram a data de entrada em vigor dessa lei quando notaram que não haviam cadeirinhas suficientes no mercado? Agora, é a mesma coisa: como só vender cadeirinhas para cintos de três pontos se nem todos os carros têm esse tipo de cinto? Ok, sou exceção, tenho três filhos e preciso dessas três cadeirinhas devidamente instaladas em três cintos de três pontos.

(Acho que vou votar no BBB11 através de SMS, torcer para ser sorteada e ganhar um carro novo bem equipado com esses cintos mega-master seguros.)

Compartilhar

30 comentários:

Adriana Alencar disse...

Não saberia lhe responder isso, talvez o site do Detran possa lhe informar melhor!
Obrigada pelas palavras de boa recepção!
Beijo
Adri

Sylvia disse...

Aqui em casa temos o mesmo problema... bom quase, não temos 3 cadeiras..r.srsrsr... mas eu queria colocar a Gaby no meio para ela ver mais coisas quando saimos e não posso porque o cinto do meio é de 2 pontos como na maioria dos carros. Acho que a lei acredita que todos nós somos chiques e temos carrões porque só eles tem cinto de 3 pontos nos 3 assentos. Mas também não sei te dizer se é o que a lei fala ou se ainda tem dessas cadeirinhas para vender, vai ter que pesquisar mesmo... Beijos mil

Any cN disse...

Fiquei super confusa com a história das cadeirinhas também.
Pelo que entendi, no caso de 3, a criança mais alta pode ir no banco da frente com a cadeirinha.
Não achei tããão seguro, mas foi o que eu entendi quando li estas repotagens:
http://bebeblogger.com.br/noticias/tudo-sobre-as-cadeirinhas-de-carro-para-bebes-e-criancas/
http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI5535-15343,00.html
Quanto às cadeirinhas de pra cintos de 2 pontos, parece que não são mais fabricadas porque não são tão seguras.
Só lembrando que eu estou falando isso baseada no que li pela internet, sem nenhuma orientação profissional. Tenta dar uma ligadinha no Detran da sua cidade, quem sabe você tem sorte e consegue uma orientação mais clara.
Beijinhos

Thais Scavassa disse...

Oi camila, olha sobre seu dilema eu tenho algumas informaços e pra completar o que eu sabia achei um testo bem legal do globo esporte, que explica direitinho o que voce ta passando.
http://g1.globo.com/carros/noticia/2010/09/veja-perguntas-e-respostas-sobre-o-uso-da-cadeirinha.html
Outra informaçao legal é que a criança que vai no banco da frente deve ser a mais velha no caso a Manu, e tambem é importante desativar o air bag do banco dela (caso seu carro tenha).
Espero ter ajudado.
Bjus

Renata disse...

Eu acho que vai ser bem difícil achar cadeirinha de dois pontos mesmo. E tbm acho absurdo num país como o Brasil, que a maioria das pessoas não tem carros caros e cheios de opcionais, não se pense nessa possibilidade. Pode não ser o ideal, mas o que nesse país é o ideal? Você está preocupada com a segurança dos seus filhos e comprou as cadeirinhas, a maioria nem faz isso com lei ou sem lei...
Aliás, já é dificil por aqui um carro que CAIBAM 3 cadeiras... um dos motivos de eu não emendar um terceiro filho...

Jackie disse...

Oieeeeeeeeeeeeeee..... olha é um questão dificil, eu vi uma matéria em que o um rapaz processou o fabricante do carro , pois nenhuma cadeirinha que ele comprova se ajustava ao cinto do carro, mas acho que vc deveria se informar no detran sobre isso, afinal vc não tem culpa disso, e a maioria dos carros ( o meu tbm) só tem os cintos laterais de 3 pontos e o central é abdominal.
Eles tem que ter uma solução pra isso, já eur criaram as leis eles tem que pensar em todos os tamanhos de família, além de não exigirem dos onibus , taxis e peruas, já que dificilmente esses pagam as multas .....

Concordo que seja por segurança, não saio com meu filho sem a cadeirinha mas eu tenho um filho só, e ctz iria ficar p. da vida no seu caso.

bjussssssssssssssssssss

Mirys + Guigo + Nina disse...

Camila:

Que drama, mulher! Tudo bem que você pode ser considerada "exceção"... mas num país tão grande, quantas exceções não existem por aí?????

Fazer o que? Limitar todo mundo a ter 2 filhos??? Obrigar todo mundo a trocar de carro???

Sinceramente... nas cadeirinhas dos meus, eles ACONSELHAM a usar o cinto de 3 pontos. Mas, podem ser perfeitamente usadas com os de 2 pontos. Mais razoável, né?

Bjos e bençãos.
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com

Carol Garcia disse...

jesusmariaejose!
esse assunto é e ainda vai ser problema por um bom tempo.
a mari do viciados em colo fez um verdadeiro tratado sobre as cadeirinhas, dá uma conferida lá.
tomara que vc encontre a solução.
bjocas

Carol Passuello disse...

Camila, a Mari (viciados em colo) fez diversos posts sobre isso. Não me lembro qual a solução que ela deu para o problema, mas conseguiu resolver. Ela pode te ajudar!
Da minha parte, também preciso comprar cadeirinhas...
Bjs

Eu e minhas três bonecas... disse...

Putz... Que estresse desnecessário... Aqui tenho que trocar a das gêmeas... Já tenho uma da Carol e vou ter que comprar outra, quero ver caber a Carol no meio... Ela ainda precisa usar um ano e meio...
Ahhh, o shortinho delas daquela foto é da Mimo mesmo! Trouxe de BsAs...
Beijos
Gabi

Lia Sérgia Marcondes disse...

Menina, eu estou preocupadíssima com isso também. Quando tiver o 3º, como vamos fazer?

Se achar uma solução, pelarmordedeus.. avisa!!


Beijos!

Regina disse...

Poxa Camila!! Que coisa chata!! E agora?? rsrsrs Vai ter que trocar de carro!! Tipo essas peruas, como zafira...
tenha um ótimo final de semana!
bjs

Lia disse...

É muito complicado mesmo. Eu, que também quero três filhos, já estou planejando a compra de uma Dobló nos próximos anos...
Os carros com cinto de três pontos no assento do meio são sempre mais caros. Por isso é difícil ter mais de dois filhos hoje em dia (a não ser que você ande de ônibus... ;)

Camila disse...

Meninas, obrigada pelas dicas!! O "tratado" da Mari do Viciados em Colo acabou de me salvar! Tbem descobri um tapeceiro automotivo q faz a adaptação do cinto abdominal para o de 3 pontos. Enquanto, não adapto o meu carro, terei q carregar a Manu devidamente instalada na sua cadeirinha no banco dianteiro. Não acho q seja a melhor solução, mas vai ser temporária. Essas mães unidas são o máximo!!!
Bjos,
Camila

Mari Hart disse...

Camila, qual o peso e altura da Manuela!? Ela não poderia já usar o booster!? Ocupa muito menos espaço e usa-se o cinto do banco!

Passamos por maus bocados com o nascimento dos gêmeos, já que sou paranoica com cadeirinha. É o tipo de coisa sem negociaçnao, que TEM que usar. Trocamos um palio por uma pajero full(ô despesa) para caber a galera toda dentro, sem contar o carrinho duplo na mala!

Bjkas!

Glauciana disse...

Temos que procurar mesmo essa informação e nos mobilizar caso esse tipo de cadeirinha não seja mesmo mais fabricada.
Beijos
Glau
@BlogCoisadeMae e @redemulheremae

Mariana - viciados em colo disse...

feliz de ter ajudado!
viu todos os posts do dilema?
hoje transporto "minhas triOgêmeas" assim: duas no assento de elevação e uma no cinto abdominal. vou com cuidado porque tenho consciência de que a que está no meio está menos segura que as outras.

mas como sempre: viver é muito perigoso, baby

estou preparando um post para o aniversário da lei que causou tanto furdunço e nunca foi fiscalizada aqui em salvador.

beijoca

danzidan disse...

Acho o seu blog super fofo e sempre dou uma passadinha aqui!!!

Se você puder depois da uma passada no meu blog, www.blogdamaeexecutiva.com.br

bjs

Dani

Rita Romano disse...

Oi Camila! Aqui em casa nós resolvemos trocar de carro, mesmo. Vendemos o carro novo e trocamos por um maior, usado, de mesmo valor, e que possui o tal cinto nos três lugares dos passageiros. Com certeza, deveria haver uma nova lei obrigando os fabricantes de automóveis a colocarem os cintos de 3 pontos nos três assentos traseiros... É o mínimo. Um beijão
Rita
http://gotadechuvabigodedegato.blogspot.com/

Juliana Ramos disse...

Sei que é f... mas troquei de carro por causa dos cintos de 3 pontas... Muito mais seguro mesmo meus 2 marmanjos não usando mais as cadeirinhas...

Como escolher que filho vai no cinto menos seguro... E mais, o cinto menos seguro ainda por cima é bem no meio...

Difícil...

Meiry Mel disse...

Oi adorei seu blog, vou segui la, quando puder me visite bj

Mamãe pela 2ª vez disse...

Essa lei veio para deixar as mães de cabelos em pé.
Eu até hoje não soube de alguém que foi multado por isso.
Aqui em Aracaju não vejo fiscalização.
Eu nem sabia que podia ir uma terceira criança na frente, vou ler mais sobre isso.
bjus

Roberta Marques disse...

Oi Querida tudo bem?
Olha, eu trabalhei 3 anos com cadeiras de carros e fiz um curso na Burigotto sobre segurança.
Realmente as cadeiras que utilizavam cinto de 2 pontos não são mais fabricadas e algumas delas nem estão mais dentro das normas, pois possuem alguns itens que de acordo com o Imetro não são seguras para a criança.
Não sei a marca da cadeira que você adquiriu, mas acho que você deve ligar para o fabricante e se informar sobre a possibilidade de utilizar no cinto de 2 pontos, pois a maior parte dos vendedores deste item infelizmente não tem conhecimento suficiente para te orientar. O Bebê conforto COM base pode ser instalado no cinto de dois pontos pois vem com uma trava que deixa a base bem presa ao cinto. Quem sabe o fabricante não te dá uma solução parecida! Mas realmente não é muito seguro o cinto de dois pontos nem para uma pessoa adulta, pois não retrai como o de três pontos no caso de uma colisão e pressiona somente a região do abdomem "dobrando a pessoa" no caso quando a mesma ocorre, já que não "segura" o corpo como o de três pontos.

Agora mais uma polêmica:
1 - Nos cursos que fiz, sempre disseram que o local mais seguro para colocar a cadeirinha era atrás do motorista (por causa do reflexo em caso de colisão), mas a familia com dois filhos? Como escolher quem teoricamente estará mais protegido?

2 - Colisão lateral: por mais que a cadeirinha esteja atras do motorista como recomentado, e se a colisão for na lateral do morotista? Porque não colocar no meio quem tem apenas um filho?

3 - Se o cinto de dois pontos não é tão seguro assim como dizem, e quem tem três como você e diversas outras familias em todo Brasil? Como decidir quem ficará um pouco menos seguro?

Complicado né? Eles fazem as leis, fabricam os produtos e orientam famílias em como proceder, mas tudo para uma criança, no máximo duas. Mas e os pais com mais filhos? E os automóveis mais antigos? Existem cadeirinhas mais caras que muito automóveis por ai. Creio que a lei é boa e tem uma intenção magnifica, mas eles precisam olhar a realidade do nosso país e de nossas famílias e agir de maneira mais coerente ao criar uma lei, seja ela de qualquer natureza, principalmente uma que obriga a todos adquirirem um produto de custo elevado como este.

Desculpe a extensão do comentário. Espero ter colaborado.

Uma beijoka de amor.
Para mim, hoje é o dia do amor, então ame, ame seus filhos, seu marido, sua família, amigos e todos que estão a sua volta.

ah! e vote no BBB quem sabe você não fica de carro novo!hehehe

kkfaria disse...

É isso mesmo q vc escreveu. Não tem cadeirinha pra cinto abdominal... eu queria instalar a Jade no meio do carro e não tem como... só se eu comprar um modelo (de carro!) mais caro, pq não são os mais baratos que tem 3 pontos em todo carro não!!

Nat disse...

Esses dias comentei com o marido algo parecido.
Quero ter três filhos também. Primeiro nem sei se as tais cadeirinhas caberiam em nosso banco de trás (é um carro popular pequeno) e depois, e se a pessoa tem 4 filhos, como faz??

Livia, mãe da Carol disse...

Eu acho que nem precisava ser lei o uso do car seat. Pelo amor de Deus é a segurança dos nossos filhos e ninguém precisa dizer isso e muito menos nos multar por isso. Eu penso assim. Carol nasceu no Brasil e ficou aí até 2 anos de vida e ela NUNCA andou de carro sem que estivesse no car seat. Até mesmo da maternidade ela saiu nele. Não tinha essa que estava chorando, que nao se adaptou...No comecinho ela não reclamava, depois de um tempo começou achar chato ir ali e eu ia atrás para a viagem menos monótona. Qdo o car seat foi virado para frente ela amou e não necessário eu ir atrás. Aqui nos EUA as pessoas são bem mais conscientes. Em NY as famílias são grandes. 4 filhos é a média e todos numa escadinha. Mas por aqui os carros são maiores e uma família deste tamanho normalmente tem uma minivan. O jeito, Camila, vai ser vcs se organizarem para num futuro próximo trocar de carro. Aliás, recomendo fortemente, viu! Trocamos o nosso que já era bom por um maior ainda e estamos adorando não ter que ficar esprimidos nas tralhas que carregamos. Vc com três vai amar um carro mais espaçoso. Beijos!

Chris Ferreira disse...

Oi Camila,
essa historia das cadeirinhas está uma novela mesmo. A questão da segurança é indiscutível. Temos que ter as cadeirinhas mas dentro das nossas possibilidades. Imagina se todo mundo que tiver 3 filhos vai tiver que trocar de carro para os que tenham 3 cintos de 3 pontas nos bancos traseiros.
E ainda fica a questão de quem transporta os filhos em taxi, anda de carona, etc... Sem falar na massa da população que precisa andar nesses ônibus com motoristas enlouquecido e mal educados.

Nossa, estou recebendo tanto e-mail devido aos grupos do facebook que não estou dando conta de responder a todos.

Pena que você não vai estar por aí. Se bem que vai estar aproveitando o casório. Terão outras oportunidades. Essa semana vou a São Paulo a trabalho novamente. Mas aí faço bate e volta.

Mas, com certeza, irei outras vezes com as meninas para fazer uns passeios.

beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Bianca disse...

Flor,

Bom, aqui em casa vai ser uma cadeirinha só, sem problemas. Mas, você já pensou em pedir o dinheiro de volta e procurar uma cadeira usada, CASO REALMENTE NÃO SEJAM MAIS FABRICADAS ESTAS DE CINTO ABDOMINAIS?

Caso sejam fabricadas, a loja que você comprou não é obrigada a tê-la, mas a devolver seu dinheiro, sim, pois não serve para o seu intuito. Aí, procura em outra loja.

Se for isso mesmo e você não achar, minha solução é comprar uma usada....

Beijão.

O lord da diva disse...

Ah isso é ua confusão que até doi so de pensar =/
ainda mais o Theus nao gosta da cadeirinha de geito nenhum..
Mais vai chorando e nao gostando rs
beijos e otima semana

Priscila disse...

Olá...

É um absurdo mesmo!!!

Deixei um selinho pra vc no meu blog.

Bjs, Pri
http://maesemfrescura.blogspot.com

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs