sexta-feira, 6 de maio de 2011

Apenas outro Dia das Mães?

Estou especialmente sensibilizada pelo Dia das Mães desse ano. Não sei exatamente os motivos para isso, nem é o meu primeiro Dia das Mães. Na verdade, acho que até sei um pouco, mas não vem ao caso.

Eu já falei que a minha experiência da maternidade não é nada cor-de-rosa e, agora, vou além: é uma prisão que mantém as portas abertas e eu não quero sair. Tomo um banho de sol rapidamente e volto correndo.

Assustador, não é? É mesmo e vou seguindo assim, cada dia mais assustada com a intensidade das experiências e do amor. A gente acha que conforme as crianças crescem, mais fácil vai ficar. Assim como também imagina que o máximo da emoção é o momento do nascimento de um filho. Tudo errado, gente, tudo! Tudo!

Alguém tem noção da dimensão de algo chamado AMOR INCONDICIONAL? Talvez eu esteja começando a entender isso agora.

Não acho que uma mãe nasce amando incondicionalmente e nem que tenha consciência do que isso signifique. A minha consciência parece ter se ampliado mais um pouquinho e, por melhor que seja, dói. Dói assim, todos os dias. Dói porque eu tive uma consulta médica de manhã cedo outro dia e sai sem ver os meninos, que ainda dormiam. E dói não ver as carinhas e os sorrisinhos deles quando acordam. A Manu acordou mal-humorada e não quis falar comigo, nem me dar um beijo antes de eu sair. Vocês não podem imaginar o tamanho da dor de sair de casa sem ver o s filhos e sem ganhar um beijinho. Isso é muito assustador, como já disse, por melhor que seja.

Vai ser assim?

Para sempre?

Vai doer eternamente?

A dor do amor incondicional tem cura: o próprio amor. Se eu saí arrasada e com o coração partido para ir ao médico, na volta, quando abri a porta de casa, três criancinhas escutaram o barulho da chave, vieram correndo gritando “mamãe!!” e me presentearam com o melhor abraço triplo dos últimos tempos.

Amor que cura a dor do próprio amor. A coisa rima e parece poético, mas é bem mais simples: fiquei apenas imaginando se eu não deveria sair mais de casa e “largá-los” só pela recompensa dessa demonstração do amor e da saudade na volta.

Então, não me venham com o papo de que o Dia das Mães é uma data comemorativa comercial e blá, blá, blá. Ok, todos os dias são os Dias das Mães, mas dá licença de elegerem um diazinho em especial para comemorar? Comemorar o amor incondicional, o da dor, o simples, o poético, o que aprisiona, o da culpa, o do cansaço, enfim todas as variáveis do que é a maior, a mais complexa, a mais deliciosa e a mais viciante das experiências: ser mãe.

Feliz Dia das Mães a todas!

Compartilhar

33 comentários:

Sarah disse...

Eu vivo dizendo isso, que o amor incondicional, que a gente só sente pelos filhos, só aumenta a cada dia. A gente acha que ama tanto tanto que não cabe mais. Ledo engano! A cada fofurice, descoberta e sorriso dos filhotes, o amor aumenta um tiquinho mais.
Feliz dia das mães pra vc também, com muitos e muitos abraços triplos!
beijos

Giovana disse...

Quanta verdade, Camila!

Me emocionei!

Beijinhos e um feliz Dia das Mães !!

Gi&Lucca

Raquel disse...

Mãe é mãe e ponto! É a maior experiência da vida. Como vc disse com todas as variações de afetos existentes. Acho um privilégio, sabia?
Bjs, e feliz dia das mamães...
Raquel
www.mamae24hs.blogspot.com

Marcelo disse...

Bom dia querida!
Quando foi que você começou a ler mentes? Afff me sinto bem assim! e nem banho de sol tenho tomado, fico só olhando que ele ainda está lá fora me esperando para um dia...
Feliz dia das Mães!
Abraço
Quezia

Grazi, mãe do Principe disse...

Ai camilia, vc sempre me emociona viu. Realmente o amor incondicional merece ser comemorado .
bjus e Feliz Dia das Mães !!

Juliana Ramos disse...

Ai, chorei...

Obrigada!

FELIZ DIA DAS MÃES pra vc tbém!!!

Bjão

Naiara Krauspenhar disse...

Aiiinnnn, perfeito!!!
Como pode né? Amar tanto que dói...

E dia das mães é sim especial! E ninguém me convence do contrário. Hunf!

E ver minha galeguinha apresentando na escola ontem vestida de mamãe... ah para! não tem coração que aguente...

Feliz dia das mães pra nós!!!!

Lia disse...

Muito bonito, Camila. Na vida nós sempre estaremos presos a alguma coisa: à carreira, ao dinheiro, à vida de baladas... e tem prisão melhor que a da maternidade? Uma vez ouvi que nós somos livres apenas para escolher a quem serviremos. Eu escolho meus filhos, com certeza!

Mãe de Duas disse...

Cá, emocionei!
Difícil colocar isso tudo em palavras! Parabéns, você conseguiu!
Beijos
e
Feliz dia seu!
Pri

Bianca disse...

Isso mesmo!!! Muito bom! Feliz Dia das Mães pra vc tb!!!

Sandra Hellen disse...

Eu costumo dizer que o "sentimento" de mãe não é amor, é algo muito maior e mais profundo!!!

Feliz dia das mães!!!

Beijos

Renata disse...

Outro dia me vi pensando nisso, sabia? Apesar de ainda carregar Heitor na barriga, eu leio tudo que posso e tudo que mamaes mais experientes escrevem e sinto essa mudança no amor ao passar dos meses. A gente mesmo muda! Imagina o amor. Eu penso no nascimento como um momento mágico, espero, mas tbm como um dia de dizer pro Heitor "Oi, filho, prazer, sou sua mãe, vamos nos conhecer?", assim, bem infantil mesmo, mas é o que sinto. Será só o primeiro dia de muitos tropeços e reconhecimentos entre nós, tipo cãozinho cherando um a bunda do outro mesmo...rsrs. Eu adoro seus posts justamente pq eles são transparentes. Isso ajuda a gente a aprender e sentir menos medinho a cada dia, se é que isso é possível..rs.
p.s. Comecei ontem a ver o allTV com sua participação, mas ainda não acabei, tá? Tbm recebi há mil anos seu email sobre seu consultorio e nem tive tempo de responder ainda, perdão. Prometo responder logo. Obrigada!

Renata Senlle disse...

Ai Deus...só piora a dor, é? Três meses e meio que sou mãe a às vezes me dá até falta de ar de tanto amor!
Mas vamos curtindo um dia de cada vez a jornada espetacular de ser mãe, né? Merecemos a celebração todos os dias, mas não tô nem aí se domingo será uma data comercial. Tô adorando viver meu primeiro dia das mães. Será um dia em que todos, além de nossos filhos, vão olhar pra gente com um olhar especial!

bjks e Feliz Dia das Mães!!

luparra disse...

Suas palavras são lindas e reais ...

Que Deus abençoe a todas as mães ...
Parabéns pelo nosso dia!!!!!

Lú Parra

Renata disse...

Embora eu, particularmente, não curta o dia das mães e outras datas comerciais (sorry!) adorei o seu texto. É mesmo um amor maior que tudo e melhor que tudo.
Amei o comentário da Lia, não há melhor prisão que a maternidade.
beijos, querida!

*obrigada pelos conselhos e dicas sobre a fase do meu gatinho!

Iris Brandão disse...

texto incrível... me emocioneeei lendo! e olhe q nem mãe eu sou ainda...
e aliás, como é que faz pra não qrer ser mãe depois d ler esse texto?? hihihihi
parabénsss pelo texto e pelo seu dia!!

Fabi Coltri disse...

Feliz Dia das Mães Camilaaa!!

É isso mesmo, deixa esse dia pra gente pufavô???

Super beijo

Jackie disse...

Oi querida Feliz dia das Mães... e nossa senti bastante dessa dor hj .. voltei correndoooooooooo da academia faltando 5 min pra ir pro trabalho sópra dar um beijo no Davi, e advinha... nem ligou pra mim pq tava brincando na mesinha de musica dele uahuahuahaahhauhahau fiquei tão arrasada ahuahauahauh só não fiquei piro pq ele tbm ignorou o pai kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mas tudo é tão intenso que alegra, assusta, é realmente amor de Mãe .. "É ferida que dói e não se sente; É um contentamento descontente; É dor que desatina sem doer; É um não querer mais que bem ..."

A mãe dos Gêmeos disse...

É impossível descrever como o amor de ma~e cresce a cada dia, a cada sorriso a cada birra ou descoberta, é simples dizer a cada dia amo mais meus filhos!!!
Bjos
Ana
http://amaedosgmeos.blogspot.com/

Sara Lima Saraceno disse...

ADOREI!! Linda reflexão!!!
Me identifiquei especialmente com a parte da prisão de portas abertas...rsrs! Feliz dia das Mães para nós!
Bjus
http://vivendoavidacomoelaeh.blogspot.com/

Renata disse...

É bem isso memso... como dói quando passamos por situações das quais tu citaste. Tenho sorte de poucas vezes passar por isso! Agora, essa história de amor incondicional,... bah,... isso sim é mexe demais com qualquer mãe... comigo, vou dizer,... sinto isso tão forte, antes mesmo do nascimento dos meus pitocos,... e hoje, é algo que cresce a cada dia,... é um vagão cheio de amor que chega transbordar! hehehehe Sem exageros, porque é bem como sinto,... na verdade é difícil explicar,... só passando por isso mesmo!
Um feliz dia das mães a todas nós! Bjos, Re.

mamãe da Yasmin disse...

Cá muito lindo e verdadeiro. É incrivel o que a gente sente né e eu a cada dia to aprendendo mais com esse amor que Dói, dói muito mesmo...as vezes sufoca e as vezes liberta mais acho que ser Mãe é isso...viver com dor, viver com amor, não seria lindo, não seria eterno, não seria poético se não fosse tão simples amar quem nos da amor.
Feliz dia das mães pra vc.
bjokas Cy

Flavia Bernardo disse...

Perfeito esse trecho: "Então, não me venham com o papo de que o Dia das Mães é uma data comemorativa comercial e blá, blá, blá. Ok, todos os dias são os Dias das Mães, mas dá licença de elegerem um diazinho em especial para comemorar? "

Penso exatamente igual! Sim, todos os dias são dia das maes, pais, crianças, mulher...mas que mal há em comemorar um dia em especial? Que mal tem um presentinho, um afago especial esse dia?

Eu curto muitoooo!

Feliz Dia das Mães!!

Rita Romano disse...

Post maravilhoso, Camila. Obrigada por postar...!

Viver é perigoso... Porque amar nos torna seres vulneráveis. Não existe segurança para quem ama...
Quem ama está vulnerável à dor, a todo e cada momento. E isso com nossos pais, como nosso marido, e, absolutamente, com nossos filhos!

Feliz Dia das Mães!

Um beijo, Rita
http://gotadechuvabigodedegato.blogspot.com/

Beatriz Zogaib disse...

Camila, concordo que merecemos um diazinho para comemorarmos, mas diga se não deveríamos comemorar todos os dias??? Esse amor incondicional é ou não é o maior presente que poderíamos ter ganhado? Escrevi sobre isso lá no meu espaço. Porque não dá para não escrever sobre isso...
Beijos
Feliz Filho!
Bia
www.vidadamami.blogspot.com

Juliana Yajima disse...

Camila,

Arrasou com o poste de hoje! Como sempre, adoro suas postagens! De verdade...

Um super beijo!

Feliz dia das Mães!

Chris Ferreira disse...

Oi Camila,


Temos todo o direito de ter esse diazinho para comemorar. Comemorar é importante para alma, para o coração. Merecemos isso.
Um Dia das Mães muito feliz para vocês.

Já pedi para verificar porque no I.E 7 as pessoas não estão conseguindo comentar o blog. Espero conseguir corrigir.


Beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Lenita de Paula disse...

Dia de ser mãe é todo o dia... Mas merecemos sim, ser celebradas!
Realmente amor incondicional é amor de mãe, o amor que nutrimos pelos nossos filhos.
Lindo post e um lindo dia das mães pra vc!!!
http://lenitadepaula.blogspot.com

Bianca disse...

Que bonito, Camila!! Feliz dia das mães para vc tb! bj

coisinhabacana.blogspot.com disse...

Camila, ser mãe é uma emoção que não se explica.
Um feliz dias das mães para vc e suas seguidoras !
Bjão!

Bianca disse...

Camila, que post mais lindo!!!
É, vai ser sempre assim, o amor pelos filhos é uma coisa muito louca, e igual uma bola de neve que só cresce e cresce. Feliz dia para nós. Beijos

Luana disse...

Adorei a analogia da prisão de porta aberta. É exatamente assim que Me sinto. Feliz dia das maes.

Mamae no blog disse...

Sensacional! é mesmo assim , amiga blogueira. Este foi meu primeiro ano e tb foi super emocionante. Postei minhas impressões. Amor de mãe... só mesmo sendo uma para saber. E vale muito apena ... um beijão, aproveite e passe no meu blog,me seguindo!

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs