domingo, 18 de abril de 2010

Novidade da família!


Quem praticamente teve trigêmeos, não pode nem cogitar a idéia de bichinhos de estimação. A minha sogra já quis surpreender as crianças com passarinhos, depois com coelhinhos, mas parece que foi iluminada e optou por presentes convencionais. Passado algum tempo, criancinhas mais crescidinhas, a minha mãe começou a falar em peixinhos. Ok, topei, seria o único tipo de bichinho autorizado a fazer parte da nossa família, agrada as crianças e o nível de trabalho, sujeira e canseira é bem próximo à zero.
Manu saiu com a Vovó para comprar os peixinhos, um “beta” para cada um, com aquários individuais. A alegria da Manu escolhendo, comprando os peixinhos e os acessórios foi descrita pela Vovó com riqueza de detalhes, ela amou! Chegou em casa distribuindo os peixes dos irmãos, como tinha escolhido um para cada de acordo com as cores e tal, fofa! Ah! Também escolheu os nomes dos 3: Pequena Sereia, Nemo e Linguado. Até que o repertório da mocinha está relativamente diversificado!
Ajeitamos os aquários e demos comidinha, foi uma graça vê-los observando os peixinhos com tanta atenção e encantamento. Também fizemos a hora do soninho e do sol, agora eles estão lá fora, no terraço, aproveitando o calorzinho de hoje.
Mas o melhor é ver o Joaquim apontando para cada um dos peixes e falando de quem são, com os respectivos nomes, ele repete, repete e repete. Se eles “enfofarem” ainda mais com esses humildes bichinhos de estimação, posso começar a pensar em um “de verdade”....

Compartilhar

6 comentários:

carol sarti disse...

Jurava que tinha comprado um cachorro!! rs
Muito fofos os seus filhos e o seu blog Cá!! Um delícia de ler! beijo pra vcs!

Angela disse...

Cá, só uma correção: o da Manu não é um peixe, é uma Sereia, rosa e brilhante!
Fofa!!!

Camila disse...

Carol, a idéia era dar um susto mesmo... Eu me empolgo e desmpolgo rapidinho.... Como poderia dar conta tbem de um cachorro?? Não rola, não...
Gi, a imaginação vai longe, longe... achar que aquele peixinho é uma Sereia? Dá para acreditar? Mas o rosa e brilhante mostram o que aqueles olhinhos encantados conseguem ver, fofura sem tamanho!
Bjos!

Livia, mãe da Carol disse...

Sou a favor do cachorrinho! Bicho é tudo de bom e toda criança deveria ter, um peixinho que fosse, mas se o cachorro é algo indescritível. Aqui em casa temos 3! todos chegaram antes da Carol e são os maiores defensores da pequena. Mas olha, se decidir dar um cãozinho aos pimpolhos, não compre, exiete milhares de bichinhos fofos esperando um lar. ADOTE!!! Mas pense com carinho mesmo, você vai se apaixonar ao ver os filhotes amando e cuidando do caozinho; é uma gde experiência! ah, passa no blog tem selinho para vc! Bjs!

Rach disse...

Aff!! Ainda estou tentando ter coragem para ter um animal!!! Vamos ver...

Chris Ferreira disse...

Já tivemos peixe beta aqui em casa, tentamos hamster, passarinho mas acabei mesmo me rendendo ao cachorrinho. Temos uma Pug chamada Xina que é a paixão das meninas.
Dá um certo trabalhinho mas é compensado com a alegria das crianças. Bem, eu adoro bichos e sempre tive cachorro e gato aundo criança. Acho que isso facilita, né?
Os peixes beta são uma ótima alternativa. Os nomes dos peixinhos ficaram bem legais.
beijos

 
Licença Creative Commons
O trabalho Mamãe Tá Ocupada!!! foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.mamaetaocupada.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em www.mamaetaocupada.com.br. Paperblog :Os melhores artigos dos blogs